Com a alta da carne, brasileiros estão consumindo mais ovos

Consumo per capita deve atingir cerca de 230 unidades por habitante somente neste ano

A alta nos preços da carne bovina pesou no bolso dos brasileiros. Em novembro, a inflação oficial do Brasil registrou forte aceleração com o resultado mais alto em quatro anos, de 0,51%. A medição foi feita pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O forte impacto veio principalmente da alta dos preços das carnes. A última maior taxa para o mês de novembro foi em 2015 – de 1,01%.

De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o consumo per capita este ano deve atingir 230 unidades por habitante. A quantidade representa uma alta de 9% em relação ao ano anterior. Em 2018, o consumo foi de 212 unidades por habitante.

A ABPA ainda informa que a produção brasileira de ovos saltou para 49 bilhões de unidades em 2019, um crescimento de 10% sobre 2018. No ano passado, a produção do produto atingiu 44,48 bilhões de unidades.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.