Comercialização da safra de algodão 2019/20 em MT avança 5,52 pontos porcentuais

Segundo o Imea, aumento no ritmo foi pautado pela maior demanda e pela valorização no preço da pluma no mercado ‘spot’

A comercialização da safra 2019/20 de algodão de Mato Grosso 2019/20, colhida no ano passado, avançou 5,52 pontos porcentuais ante o mês anterior, para 95,76% da produção, informou o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), em relatório. “O aumento no ritmo foi pautado pela maior demanda e pela valorização no preço da pluma no mercado ‘spot’, que fechou a uma média mensal de R$ 142,33/arroba em Mato Grosso”, disse o instituto. A negociação segue com atraso ante igual período de 2020 (96,17%), embora esteja levemente adiantada ante a média de cinco anos (95,62%).

Para a safra 2020/21, que terminou de ser plantada há pouco, as vendas avançaram 3,80 pontos porcentuais no último mês, para 62,33% da produção esperada, “mesmo com a preocupação em relação ao desenvolvimento da safra no Estado”, segundo o Imea. “A valorização da pluma na bolsa de NY foi a principal responsável pelas novas negociações e, com o dólar em alto patamar, o preço médio da fibra valorizou 6,04% ante janeiro”, afirmou o Imea. A comercialização está atrasada ante igual período do ano passado (75,69%) e a média de cinco anos (64,91%).

Quanto à safra 2021/22, a negociação da fibra alcançou 14,02% da produção esperada, aumento de 2,61 pontos porcentuais na comparação mensal. Mesmo com o avanço, a negociação está mais lenta do que em igual período de 2020 (27,57%), embora à frente da média de cinco anos (11,23%).

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.