Comércio clandestino de produtos lácteos é interditado no norte do Tocantins

Operação da Adapec apreendeu 57 kg de queijos mussarela e 200 litros de leites impróprios para o consumo
Produtos eram fabricados de forma totalmente precária colocando em risco à saúde do consumidor. Foto: Adapec/Governo do Tocantins

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) realizou nessa quinta-feira (20/8) uma operação de combate à industrialização e comércio clandestino de produtos lácteos, no município de Axixá, no norte do Estado. De acordo com a estatal, foram apreendidos 57 quilos de queijos, 200 litros de leite cru, o proprietário foi autuado em R$ 5 mil reais e o estabelecimento interditado.

Segundo o gerente de inspeção animal da Adapec, Antônio José de Caminha, a operação aconteceu após denúncia anônima de que o proprietário de uma fazenda em Axixá estava produzindo queijos de forma clandestina e comercializando em restaurantes, supermercados, lanchonetes, padarias e feiras livres da cidade e municípios circunvizinhos. Além disso, a queijaria não possuía registro em nenhum órgão de inspeção oficial.

Ao chegarem à propriedade os inspetores e fiscais agropecuários da Adapec identificaram o funcionamento da queijaria em condições higiênico-sanitária precária. A estrutura era de piso de chão batido, com acesso a presença de insetos, galinhas e até bovinos. Também foi detectado forte odor devido o acúmulo de sujeira, soro e leite. Os utensílios que eram utilizados para manusear o processamento do leite eram de madeira e estavam em estado precários.

“Toda linha de produção não obedecia às normas de higiene que são estabelecidas por lei. Para se ter uma ideia, o armazenamento dos queijos eram feitos em freezer junto com outros produtos como carnes, polpas de frutas e até vacinas para bovinos. Como os produtos não tinha nenhuma condição de consumo pelos riscos de intoxicação, estes foram aprendidos, destruídos no aterro sanitário da cidade, o proprietário foi autuado e o estabelecimento interditado, conforme determina a legislação estadual e federal,” afirma Antônio José.

Fonte: Adapec

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.