[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Como escolher a melhor genética para o seu rebanho?

CIA de Melhoramento cria “bula” orientando seleção por sistema de produção

O que se busca é um equilíbrio nas características da raça Nelore.

Por Denis Cardoso

Como escolher a melhor genética para o seu rebanho? A CIA de Melhoramento, programa com mais de 1 milhão de animais avaliados em 90 rebanhos diferentes, elaborou uma espécie de “bula genética” para os pecuaristas, cujo conteúdo traz um leque de recomendações sobre o uso de touros ideais para cada sistema de produção (extensivo, semiextensivo e intensivo) e segmentação (cria/ciclo completo).

“Em meio a um amplo universo de informações geradas pelo nosso programa de seleção, queremos que o produtor encontre a chave certa para a sua fechadura”, brinca o médico veterinário Marcelo Almeida, gerente-executivo do programa.

A bula em questão nada mais é do que uma tabela minuciosa que aponta o melhor caminho genético a ser percorrido a partir do uso das principais ferramentas disponíveis pela CIA de Melhoramento, levando-se em conta o grau de intensidade de uso (pressão de seleção) dos quatros diferentes índices presentes no programa – ICIAgen, IDESM, RMAT e IFRIG –, além de considerar informações sobre biotipo e as características reprodutivas de maior importância.

“Vivemos um mosaico de realidades e desafios diferentes e, por isso, os pecuaristas devem estar cientes de que não existe uma única solução para uma atividade tão heterogênea e complexa quanto a pecuária de corte”, observa.

Segundo Almeida, os programas de melhoramento genético da raça Nelore estão consolidados no Brasil, mas há uma boa parcela de pecuaristas que ainda utiliza de maneira equivocada essa importante ferramenta estratégica. “O que na teoria parece fácil – o processo de escolha das prioridades de seleção –, na prática se constitui numa das maiores dificuldades do setor pecuário, pois muitos dos envolvidos nessas decisões não analisam o seu sistema de produção antes de optar pelos recursos genéticos disponíveis”, declara Almeida.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

This post is only available to members.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.