Cordialidade e diplomacia no jantar do Mapa com árabes

Presidente Jair Bolsonaro disse que pretende visitar os países árabes em breve: “O nosso governo está de braços abertos a todos"

Convivência pacífica. Esse o clima ressaltado em vários dos pronunciamentos feitos durante o jantar promovido nesta quarta-feira, 10 de abril, pelo Ministério da Agricultura e a CNA, com objetivo de fortalecer a parceria comercial entre o agro brasileiro e o mundo islâmico. O jantar  teve a presença de 37 embaixadores árabes, mais o Presidente Jair Bolsonaro e o Chanceler Ernesto Araújo.

Continue a leitura após o anúncio

Foi a Ministra Tereza Cristina quem destacou, em seu pronunciamento, essa convivência pacífica como um valor fundamental: “Hoje, os dois grupos, tanto os brasileiros de fé muçulmana, quanto os originários desse universo cultural aqui, convivem irmanados com os brasileiros de toda origem e de toda fé. E vivem orgulhosos da contribuição que prestaram e prestam para que aqui se assentasse uma sociedade plural e dinâmica”, disse.

Nesse clima de tanta cordialidade e diplomacia, as autoridades brasileiras mantiveram o mesmo tom nos seus pronunciamentos. O presidente Jair Bolsonaro foi breve. Manifestou desejo de que “esses laços comerciais cada vez mais se transformem em laços de amizade, de respeito e fraternidade” e ressaltou que o Brasil “prima pela democracia e pela liberdade”, reunindo pessoas do mundo todo em boa convivência. Disse ainda que pretende visitar os países árabes em breve. “O nosso governo está de braços abertos a todos, sem exceção”.

O embaixador palestino, Ibrahim Mohamed Alamin Alhussain, falou da importância do evento: “O jantar foi muito importante para conversar com presidente e chanceler, a ministra e manter as relações de amizade com o Brasil. Nós apostamos no Brasil”. Por usa vez, o chanceler Ernesto Araújo classificou o encontro como uma “mostra da amizade que se consolida com todos os países”. “O agro é uma força do Brasil no mundo”, disse Araújo.

João Martins, presidente da CNA, também anfitrião do encontro,  reafirmou os propósitos criados para aquela oportunidade: “O jantar foi para mostrar a todos que o Brasil não distingue quem quer que seja; temos de produzir alimentos para o mundo. E seremos os maiores produtores de alimento do mundo.”

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Revista DBO – Saindo na frente

Confira a edição de setembro, que traz o “Especial de Genética e Reprodução” com 7 reportagens exclusivas, além de outras 21 reportagens e análises sobre o mundo da pecuária

Revista DBO – Saindo na frente

Confira a edição de setembro, que traz o “Especial de Genética e Reprodução” com 7 reportagens exclusivas, além de outras 21 reportagens e análises sobre o mundo da pecuária

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO