Cota da Rússia gera potencial de exportação de mais de US$ 200 milhões, diz ABPA

A Associação Brasileira de Proteína Animal festejou o anúncio da habilitação de nove unidades exportadoras de carne suína do Brasil, aumentando de 4 para 13 o número de plantas habilitadas para o mercado russo

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) estima que a cota disponibilizada pela Rússia de importação de 100 mil toneladas de carne suína tem potencial de gerar exportações ao país de mais US$ 200 milhões.

A entidade diz que o valor considera o atual preço médio de importações para o mercado russo e lembra que a cota pode ser acessada por todas as nações habilitadas a abastecer o mercado russo.

A ABPA festejou o anúncio, pelo Rosselkhoznadzor (órgão sanitário da Rússia), da habilitação de nove unidades exportadoras de carne suína do Brasil, aumentando de 4 para 13 o número de plantas habilitadas para o mercado.

“A Rússia vem incrementando a importação de carne suína do Brasil este ano. Enquanto em 2020 as exportações ficaram em apenas 100 toneladas nos 10 primeiros meses, em 2021 os embarques alcançaram até aqui 3,8 mil toneladas, gerando receita de US$ 10,3 milhões”, disse em nota o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Foto: Divulgação

“Com a expansão do número de plantas e a cota oportunizada pelo governo russo, esperamos um crescimento ainda mais expressivo nos próximos anos. Esta é mais uma ampliação de mercado que resultou diretamente do trabalho liderado pela Ministra Tereza Cristina e sua equipe.”

 

VEJA TAMBÉM

Carnes: Rússia reabilita 12 plantas brasileiras para exportação

Rússia reabilita unidades da BRF para exportação de suínos

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.