Cota de 50% por reprodutor de 2 anos é arrematada por R$ 70.000 no Angus Quirí

Quirí A232PP é reconhecido como o segundo melhor touro jovem do sumário do Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo), da ANC
Filho de Coleman Charlo, o touro Quirí A232PP saiu com 844 kg e CE 45 (Foto: Alexandre Teixeira Stefani)

O Parque de Exposições de Dom Pedrito foi o palco na tarde de 22 de outubro da 31ª edição do “Leilão Angus Agropecuária Quirí”. As ofertas de padrão genético superior da cabanha gaúcha, que tem base de seleção em Dom Pedrito há mais de 30 anos, reuniram exclusivamente touros provados da geração 2018.

RÁDIO ONLINE DBO 🎧 Temporada de Primavera segue em ebulição no RS

A renda total do pregão presencial e virtual atingiu R$ 918.000, decorrente da venda de 45 exemplares com exame andrológico e avaliados pelo Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo), da Associação Nacional de Criadores (ANC).

Os 39 machos PC negociados no evento saíram à média de R$ 19.128 e os três garrotes PO chegaram a R$ 25.000, em média. Também foram vendidos reprodutores Ultrablack à média de R$ 13.500.

“Considero excelente a média geral do leilão de R$ 20.400. Praticamente todos os touros vendidos tiveram valores próximos, alguns mais e outros menos, em função de suas características individuais. Porém, como os animais eram muito uniformes, não houve uma variabilidade de preço muito alta”, destaca Vivian Pötter, que comanda a propriedade do pai, o pecuarista Leonildo Anor Pötter, ao lado da família.

Cerca de 60% dos compradores dos lotes à venda foram de Dom Pedrito, além de pecuaristas de Pelotas, Lajes, Rio Grande, Lavras do Sul, Itaqui e outros municípios gaúchos, informa a assessoria de imprensa da Associação Brasileira de Angus (ABA).

Reconhecido como o segundo melhor touro jovem do sumário ANC/Promebo 2020, Quirí A232PP teve cota de 50% comercializada por R$ 70.000 para o criador Fábio Ruivo (Cabanha Recalada, Capão do Leão, RS), valorizando o reprodutor homozigoto preto da safra 2018 em R$ 140.000.

A organização do remate anual da Agropecuária Quirí foi da Knorr Leilões, com captação de lances coordenada no local pelo leiloeiro rural Eduardo Knorr e pagamentos fixados em 20 parcelas. A transmissão ficou a cargo do Lance Rural.

* Com informações da assessoria de imprensa

Acompanhe os resultados dos principais pregões de todo o Brasil no Jornal de Leilões

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.