Menu
Menu

Cotações da soja seguem em patamares altos

Baixos estoques internos contribuem para a sustentação de preços da oleaginosa
Foto: divulgação/Faep.

Os preços da soja seguem em altos patamares, influenciados pelo menor excedente interno. De acordo com colaboradores do Cepea, muitos produtores já não têm a oleaginosa para comercializar, enquanto outros dizem que o excedente é de apenas 5% no País. Assim, os poucos produtores que têm soja disponível para venda estão capitalizados e sem interesse em negociar.

Essa posição retraída de produtores, por sua vez, está atrelada também ao início do semeio de soja no Brasil, período em que especulações quanto ao clima podem propiciar bons negócios. Até o momento, no entanto, as chuvas têm favorecido o campo, mas alguns sojicultores consultados pelo Cepea ainda preferem aguardar mais umidade para semear, especialmente os de São Paulo, Minas Gerais e Rondônia.

Entre 14 e 21 de setembro, o Indicador Esalq/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) cedeu 1,2%, a R$ 95,72/saca de 60 kg na sexta-feira, 21. Quanto ao Indicador Cepea/Esalq Paraná registrou baixa de 1,1%, a R$ 89,55/sc de 60 kg no dia 21.

Farelo

Os preços do farelo de soja subiram na primeira quinzena de setembro. O dólar valorizado e a demanda firme foram os fatores de sustentação, segundo a Scot Consultoria. A média diária embarcada de farelo cresceu 5,7% em setembro (até a segunda semana) frente a agosto deste ano e foi 15,5% maior que no mesmo período de 2017 (MDIC).

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na primeira metade do mês, a tonelada do farelo de soja ficou cotada, em média, em R$1.450,10 em São Paulo, sem o frete. Houve alta de 1,1% frente ao fechamento de agosto. Já na comparação com setembro do ano passado, o alimento concentrado está custando 36,4% a mais este ano.

Em curto prazo, o câmbio mais fraco, inclusive com quedas pontuais do dólar frente ao real (mas em patamar ainda elevado) poderão diminuir a pressão de alta no mercado brasileiro.

No mercado norte-americano o cenário é diferente. Os preços estão em queda com a previsão de uma safra recorde nos Estados Unidos na temporada atual (2018/2019) e a colheita da safra ganhando força em outubro/novembro.

Fonte: Cepea e Scot Consultoria.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×

Carrinho

Você + Portal DBO

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter e receba diariamente o melhor do agronegócio em seu e-mail.