Couro monitorado entra na mira da JBS

Saiba como a empresa pretende acompanhar essa matéria-prima da fazenda de origem até o produto final

O Brasil fechou 2019 com 473,9 mil toneladas de couro bovino exportado, por US$ 1,1 bilhão. Em volume, houve um crescimento de 5,6%. Mas, no caso da receita geral a renda caiu 20%. O País vende couro em bruto, crust, curtido, wet blue e preparado, para países como China, Estados Unidos, Itália, Hungria, Índia, Indonésia, Vietnã, entre outros.

A demanda por produtos rastreados é uma exigência da maior parte desses mercados e também começa a ser importante para o consumidor interno.

Não por acaso, reunidos no município de Campo Bom (RS), em novembro do ano passado, empresas dos setores de couros e calçados lançaram o desafio de tornar a cadeia 100% certificada, tendo à frente entidades como a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), com o apoio do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB).

Continue a leitura após o anúncio

No início desta semana, a JBS Couros, empresa que pertence à J&F, controlada pela família Batista, entrou no mesmo caminho. A empresa lançou a primeira plataforma brasileira de monitoramento da produção de couro.

Chamada de JBS 360º, ela dá acesso a informações que vão da origem na fazenda ao produto final. De acordo com a companhia, a nova ferramenta será utilizada por cerca de 1,3 mil clientes que produzem diariamente  35 mil couros.

Unidade de processamento de couro da JBS. Foto: divulgação

O couro vem de cerca de 90 mil fornecedores de gado no Brasil. Em entrevista à DBO, a  JBS Couros, que é uma das filiadas à CICB, afirma que a “a sustentabilidade é uma tendência global, puxada em todos os segmentos, principalmente – mas não exclusivamente – por consumidores europeus e norte-americanos, reflexo de um consumidor mais atento e responsável.” E que esses consumidores  vêm buscando produtos que tenham compromisso com o bem-estar animal e com a preservação do meio ambiente”.

A empresa afirma que a aproximação com os produtores de gado, nesse sentido, se dá de forma mais ampla e não apenas focada na matéria prima.

Questionada sobre a possibilidade de uma bonificação específica para a qualidade do couro, a empresa afirma que “a JBS, por meio da Friboi, mantém diversos programas de incentivo aos pecuaristas em relação à qualidade do produto entregue em geral”. Em geral, a empresa bonifica em seus programas de carne de qualidade.

Para Guilherme Motta, presidente da JBS Couros, a iniciativa JBS 360º mostra que a empresa, ainda a única do setor a controlar toda a cadeia, tem valorizado a transparência.

“Na comunicação e nas negociações com nossos fornecedores e clientes, garantimos que o couro siga os principais critérios socioambientais exigidos pelo mercado”, afirma Motta.

A JBS Couros é a maior indústria de processamento de couros do mundo. Possui 21 unidades produtivas, 3 unidades de corte, 5 centros de distribuição, 3 showrooms e 4 escritórios comerciais internacionais. O negócio couros faz parte da divisão JBS Brasil, que em 2018 rendeu R$ 27,6 bilhões, um aumento de 17,1% ante o ano anterior. Os dados de 2019 ainda não estão fechados.

 

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Revista DBO – Saindo na frente

Confira a edição de setembro, que traz o “Especial de Genética e Reprodução” com 7 reportagens exclusivas, além de outras 21 reportagens e análises sobre o mundo da pecuária

Revista DBO – Saindo na frente

Confira a edição de setembro, que traz o “Especial de Genética e Reprodução” com 7 reportagens exclusivas, além de outras 21 reportagens e análises sobre o mundo da pecuária

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO