Credores aprovam recuperação judicial da Fertilizantes Heringer

No entanto, acordo ainda deverá ser homologado pela Justiça
Foto: Fertilizantes Heringer/Divulgação.

Em assembleia geral realizada nesta terça-feira, 3 de dezembro, os credores da Fertilizantes Heringer aprovaram o plano de Recuperação Judicial da companhia, que ainda deverá ser homologado pela Justiça, já que a aprovação pelos credores da classe 2, com garantia real, teve quórum de 45,36%.

A companhia é uma das maiores do ramo em todo o país. Em fevereiro deste ano, a empresa teve o pedido de recuperação judicial aceito pela 2ª Vara da Comarca de Paulínia, em São Paulo. O faturamento que já alcançou R$ 5,3 bilhões em 2016 despencou para R$ 3,8 bilhões em 2018.

Além da forte turbulência econômica nacional, a empresa alega no processo que perdeu espaço no mercado para firmas multinacionais – que operam tanto na produção como na distribuição e que lucram com a operação em larga escala.

Diante da forte crise financeira, a companhia transferiu parte do setor administrativo para São Paulo, mantendo no Espírito Santo apenas as atividades operacionais.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.