Cresce oferta de animais de reposição, diz IHS Markit

Depois da trajetória de quedas, os preços dos bezerros parecem ter encontrado um piso de resistência, com negócios variando entre R$ 12,50 até R$ 14 por arroba, dependendo da qualidade do lote e do prazo para pagamento, relata a consultoria

Repetindo o comportamento da semana anterior, os preços de gado para reposição ainda estiveram pressionados pela fragilidade das cotações praticadas no mercado físico do boi gordo, informa a IHS Markit.

“O poder de compra dos pecuaristas continua sendo prejudicado pela forte desvalorização da arroba da boiada gorda”, diz a consultoria.

Porém, diferentemente da semana anterior, o fluxo de comercialização se mostrou maior na reposição, tanto em função do crescimento da oferta de animais jovens, como pelo maior interesse dos compradores (recriadores e invernistas), destaca a IHS.

“Com a chegada da época das chuvas em muitas regiões do Brasil, agentes se mostraram mais estimulados em efetivar aquisições de lotes”, acrescenta a consultoria.

Do lado vendedor, muitos criadores estão elevando a oferta de animais à venda ainda em função da falta de maior disponibilidade de pasto e necessidade de entrega de áreas alugadas para o plantio das lavouras, informa a IHS.

SAIBA MAIS | Especialistas dão o termômetro do mercado de reposição no País; OUÇA 🎧

Portanto, continua a consultoria, o ambiente no mercado de reposição ainda é de forte volatilidade.

“Depois da trajetória de quedas, os preços dos bezerros parecem ter encontrado um piso de resistência, com negócios variando entre R$ 12,50 até R$ 14 por arroba, dependendo da qualidade do lote e do prazo para pagamento”, relata a IHS.

Em relação às fêmeas, há uma firme procura por novilha com mais de dez arrobas para estação de monta, fato que também ajudou a segurar os preços em algumas regiões do País para esta categoria, informa a IHS.

Novas linhas de crédito bancário e parcerias com grandes indústrias do setor facilitam o investimento na cria, visando repor gado de olho cenário de preços firmes em 2022, acrescenta a IHS.

“Mesmo assim, o quadro ainda não é totalmente animador, visto que a especulação baixista no mercado do boi gordo prejudicou ainda mais as comercializações de reposição entre algumas regiões”, avalia a consultoria.

Na quinta-feira (14/10), o indicador Cepea do bezerro (praça MS) fechou a R$ 2.757,18, com estabilidade em relação ao preço observado há um mês.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

Cromo: Mineral essencial para bovinos de corte

O cromo é um dos principais minerais utilizados na nutrição de bovinos de corte em todas as fases da vida produtiva, e é reconhecidamente essencial para o organismo dos animais e humanos há mais de 40 anos.

Cromo: Mineral essencial para bovinos de corte

O cromo é um dos principais minerais utilizados na nutrição de bovinos de corte em todas as fases da vida produtiva, e é reconhecidamente essencial para o organismo dos animais e humanos há mais de 40 anos.

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.