Demanda aquecida eleva preço da polpa cítrica

Alimento concentrado está custando 9,8% mais do que em igual período no ano anterior

O preço da polpa cítrica subiu, acompanhando as valorizações do milho no mercado brasileiro e a maior procura pelo alimento concentrado. Além disso, a disponibilidade do produto está pequena neste momento, mas deverá aumentar daqui para frente, conforme avança a safra de laranja.

Continue a leitura após o anúncio

Segundo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo a polpa cítrica ficou cotada, em média, em R$519,00 por tonelada, sem o frete, em maio. O menor valor encontrado foi R$470,00 por tonelada nas mesmas condições.

Houve alta de 15,3% em relação a abril deste ano. Na comparação com maio de 2017, o insumo está custando 9,8% a mais.

Para junho, com a colheita da segunda safra de milho avançando no país, a expectativa é de preços mais frouxos para o cereal no mercado interno, o que deverá dar um alívio nos preços dos demais alimentos energéticos.

No caso da polpa cítrica, a oferta deverá aumentar daqui para frente com a safra, o que deverá colaborar para diminuir a pressão de alta sobre os preços.

Fonte: Scot Consultoria

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO