Demanda aquecida por bezerros em Rondônia

Alta procura fez com que o preço de animais desmamados subisse 3,4% na última semana

O mercado de reposição está aquecido em Rondônia. A demanda pelos produtores do Estado está volta à animais mais jovens (entre [email protected] e 9,[email protected]), do que de animais próximos à terminação.

Diante desse cenário e com a oferta restrita, o preço do bezerro desmamado subiu 3,4%, do bezerro de ano 2,6% e do garrote 2,1% na última semana. Já as cotações dos bois magros caíram 2,9%.

Sendo assim, a relação de troca ficou menos favorável para o recriador. Na média das três categorias mais novas o poder de compra na troca com o boi gordo piorou 5,5%.

Mas como no estado o preço do boi gordo ainda não subiu como o esperado, talvez haja espaço para melhoria da troca.

Fonte: Scot Consultoria

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

As apostas são altas para o futuro da produção de carne no Brasil. Veja o que dizem as lideranças ouvidas para o Especial Perspectivas 2021 do Anuário DBO. Assista:

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.