Menu
Menu

Desmatamento em área com soja no Cerrado é o menor em 16 anos

Segundo presidente da Abiove, expansão da soja tem ocorrido cada vez mais em espaços que já estão abertos

A área ocupada pela soja no Cerrado brasileiro, a principal região de produção do grão no País, atingiu em 2017 a menor taxa de desmatamento dos últimos 16 anos. Entre 2014 e 2017, 7% ao ano das novas áreas plantadas com soja cresceram em regiões de desmatamento. Entre 2007 e 2013, essa fatia era de 18% ao ano e, entre 2001 e 2006, de 27% ao ano, aponta um estudo inédito encomendado pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) em parceria com a The Nature Conservancy e elaborado pela Agrosatélite, com base em imagens de satélite.

“Estamos na menor fase de desmatamento do Cerrado, a queda é expressiva e a tendência é de redução”, afirma o presidente da Abiove, André Nassar. Isso ocorreu, segundo ele, porque a expansão da soja está ocorrendo cada vez mais em áreas que já estão abertas. A tendência de redução do desmatamento ganha força também com aumento da produtividade das lavouras e a maior fiscalização.

De acordo com o estudo, entre 2014 e 2017 a soja ocupava 6,8% da área desmatada do Cerrado como um todo. Quando se leva em conta a região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), essa parcela foi de 8,8% e, nos demais Estados, a fatia da soja respondeu por 4% do total da região desmatada.

Nassar destaca que a soja no Cerrado poderia crescer sem necessidade de desmatamento nos próximos 50 anos, só incorporando áreas que já foram abertas. Segundo informações geoespaciais, existem no Cerrado 25,4 milhões de hectares de áreas abertas com alta aptidão para produção agrícola. O Cerrado ocupa 204 milhões de hectares e é o segundo maior bioma do Brasil. Metade dessa área é ocupada por vegetação nativa e a outra metade está aberta. As fazendas de soja ocupam 19% do território total do Cerrado ou 39,1 milhões de hectares. Deste total, 17 milhões de hectares são cultivados com soja, 10,5 milhões de hectares são de vegetação nativa nas fazendas e o restante, 11,6 milhões de hectares, são áreas já abertas e que podem ser aproveitadas para o cultivo da soja.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×
×

Carrinho