Menu
Menu

Dia a dia do mercado pecuário em 25 de abril

Mercado segue sem definições para o curto prazo. Veja as principais notícias da quinta feira.
Foto: Denis Cardoso

Vacina estimula pecuarista a vender a boiada

A aproximação do período inicial da campanha de vacinação contra a doença da febre aftosa – realizada em maio na maioria das regiões pecuárias – estimula os pecuaristas a vender o seus animais prontos para o abate, relata a Informa Economics FNP.

Tal comportamento, diz a consultoria, contribui para uma maior pressão de oferta de boi gordo e, consequentemente, uma retração no preço da arroba.

 É o caso da praça de Tocantins, informa a FNP. “O gado represado começa a sair das fazendas e a oferta tende cada vez mais a crescer no Estado”, prevê a consultoria.

Maior fluxo de oferta de boiada releva tendência baixista para os preço, diz FNP

Nesta quarta-feira, o mercado do boi gordo registrou uma melhora na liquidez com um grande fluxo de ofertas aparecendo em diversas regiões.

“Os preços tiveram oscilações regionais, porém, já se nota uma tendência baixista da arroba”, relata boletim desta tarde da Informa Economics FNP.

Apesar das escalas da maioria dos frigoríficos ainda se manterem curtas, muitas indústrias estão conseguindo pressionar o mercado e comprar o boi gordo a preços inferiores, enfatiza a consultoria paulista.

Escalas de abates atingem os maiores patamares desde janeiro

As programações de abate, que recuaram no início da semana pelo feriado de Páscoa, voltaram aos maiores patamares desde o início de janeiro, informa a Agrifatto.

Em São Paulo e Goiás, por exemplo, atendem a 9,1 e 7,5 dias, respectivamente.

O consumo interno de carne bovina recuou neste período do mês e, segundo prevê a Agrifatto, só deve ganhar força na segunda semana de maio, com o pagamento de salários e aumento do poder de compra da população.

Do lado da oferta, as condições favoráveis das pastagens permitem ao pecuarista reter os animais, dando suporte às cotações.

Preço do boi gordo segue em ritmo de gangorra

O mercado do boi gordo segue sem tendência definida no curtíssimo prazo. Nas duas últimas semanas, os preços da arroba registraram leves oscilações, tanto para baixo quanto para cima.

O Indicador do boi gordo Esalq/B3 subiu 1,3% ontem, para R$ 157,95/@ (preço à vista), em São Paulo, segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Levantamento da Scot Consultoria mostra que, na quarta-feira, das doze praças pecuárias que registraram oscilações diárias nos preços do boi gordo, em metade delas as cotações subiram; outra metade houve quedas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho