Menu
Menu

Mercado do boi gordo ganha liquidez com baixa escala da indústria

Frio intenso faz pecuarista desovar os estoques de boiada. Confira as principais notícias de mercado desta quinta-feira

Mercado do boi gordo ganha liquidez com baixa escala da indústria

Em algumas regiões a oferta de boiadas está curta e as indústrias foram às compras com maior afinco, ofertando preços acima das referências ontem (10/7), informa nesta quinta-feira a Scot Consultoria, de Bebedouro, SP.

“Foi o caso do Triângulo Mineiro, Norte do Tocantins e Bahia”, relata. As escalas de abate giram em torno de cinco dias.

Em contrapartida, diz a Scot Consultoria, em alguns Estados onde o clima frio e as geadas afetaram as pastagens, os pecuaristas aumentaram a oferta de boiadas, o que diminuiu o viés altista.

Com isso, foi possível observar algumas indústrias aproveitando o momento e ofertando preços menores, como foi o caso do Paraná.

Em São Paulo, as programações de abate atendem por volta de sete dias, e os frigoríficos retornaram nas compras pós-feriado paulista ofertando preços menores pela arroba do boi gordo. A arroba paulista está cotada em R$156,50 a prazo, livre de Funrural.

Frio intenso faz pecuarista desovar os estoques de boiada

As piores condições das pastagens dão tranquilidade para as indústrias na aquisição de animais terminados, relata a consultoria Agrifatto em boletim desta quinta-feira.

“O frio intenso dos últimos dias, queimando as pastagens em importantes praças pecuárias, aumentou a oferta de animais e gera tranquilidade para os frigoríficos na aquisição de matéria-prima”, informa a Agrifatto.

Segunda a consultoria, as programações de abate em São Paulo se aproximam da última semana de julho, e indústrias devem reduzir o ritmo de compra de animais, testando indicações abaixo das praticadas atualmente.

Esse cenário pode se repetir em outras praças no curtíssimo prazo. Ontem, o indicador Esalq/B3/Cepea ficou em R$ 152,30/@, queda de 0,65% ante o fechamento anterior.

No mercado futuro da B3, os contratos do boi gordo avançaram. O vencimento julho teve alta de 0,32% e fechou em R$ 155,40/@, precificando uma alta de R$ 3,10/@ até o final deste mês. Já o vencimento em outubro subiu 0,31% e fechou em R$ 162,45/@.

FNP relata aumento dos negócios com boi gordo nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira, o mercado físico de boi gordo operou com maior disponibilidade de oferta de animais terminados, condição que motivou o fechamento de uma maior quantidade de negócios, relata boletim vespertino da Informa Economics FNP.

Segundo a consultoria paulista, a chegada do primeiro giro de confinamento tem auxiliado no fluxo das comercializações de gado gordo.

Do lado dos compradores, as indústrias frigoríficas passam a dispor de escalas de abate preenchidas para a próxima semana na maioria dos Estados, informa a FNP.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×
×

Carrinho