Dia Nacional do Engenheiro Agrônomo foi celebrado em 12 de outubro

Veja as manifestações publicadas nas redes sociais envolvendo entidades, órgãos públicos e profissionais do agro em homenagem aos engenheiros agrônomos

O Dia Nacional do Engenheiro Agrônomo é celebrado em 12 de outubro.

A data marca a regulamentação do exercício da profissão através do Decreto 23.196/33, promulgado em 12 de outubro de 1933 pelo presidente da República, Getúlio Vargas.

Foi a primeira profissão de nível superior a ser reconhecida no Brasil.

Confira a seguir algumas manifestações publicadas nas redes sociais envolvendo entidades, órgãos públicos, autoridades e profissionais do agro em homenagem aos engenheiros agrônomos.

Parabéns aos Engenheiros Agrônomos de todo o País!

Tereza Cristina, engenheira agrônoma e ministra da Agricultura

 

Foto: Divulgação

“Se nada der certo serei agrônomo…ouvi essas palavras do filho é difícil. Aí se pergunta o que é ser engenheiro agrônomo? Bom, engenheiro agrônomo pode ser definido como um pato – animal versátil – anda, voa e nada, mas não faz nada com perfeição. Assim é o agrônomo: geneticista, geólogo, engenheiro, economista, fisiologista vegetal e animal, mecânico, zootecnista, etc. Enfim somos produtores de alimentos, fibras e energia.
Foi através da engenharia agronômica que o Brasil se solidificou como grande economia. É através do agrônomo que as guerras por alimentos foram evitadas, um dos pilares da sustentabilidade está apoiado no engenheiro agrônomo. Ele tem que produzir mais com menos. Tem que ter especialistas com visão global de sociedade. Com muito orgulho, filho, ser agrônomo é aceitar o desafio de buscar o novo e ter visão de que sem ele a humanidade teria vida mais curta. Então, ser agrônomo é dar certo na vida”

Sérgio De Zen, engenheiro agrônomo e Diretor de Política Agrícola e Informações da Companhia Nacional do Abastecimento (Conab)

 

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)

 

“Sempre tive grandes parceiros Engenheiros Agrônomos. Venho de uma família de agricolões, 15 familiares trilharam esta fundamental profissão. Aproveito para homenagear três deles. Vidal Pedroso de Faria, um dos pilares da bovinocultura leiteira e professor emérito da Esalq; Chukichi Kurozawa, meu companheiro de consultoria do Programa Globo Rural por 24 anos e emérito professor da UNESP Botucatu e Altino Aldo Ortolani, um dos primeiros agrometereologistas do Brasil e criador da pós do Instituto Agronômico. Meu grande abraço e respeito a todos os agrônomos brasileiros!!!”

Enrico Ortolani, médico veterinário e professor titular de Clínica de Ruminantes da FMVZ-USP. Enrico é colunista da Revista DBO.

 

Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ)

 

View this post on Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ABCZ (@abcz.pmgz)

 

 

Rally da Pecuária

 

Arnaldo Jardim, deputado federal

 

Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (Crea-BA)

 

Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Boi-safrinha de cara nova

CONFIRA os destaques da edição de outubro da Revista DBO; na capa, as novidades deste versátil sistema de produção

Boi-safrinha de cara nova

CONFIRA os destaques da edição de outubro da Revista DBO; na capa, as novidades deste versátil sistema de produção

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.