Uma história de sucesso

Em comemoração aos 40 anos de trajetória da DBO, criamos uma estrada interativa com as edições destaques no período e o testemunho pessoal do nosso diretor, Demétrio Costa, que viu a DBO nascer e dedicou sua vida à tarefa de transformá-la em referência para o setor pecuário, usando uma ferramenta poderosa: o bom jornalismo.

1982 - Número Zero do
Informativo DBO, criado
pelos irmãos Daniel Bilk,
Odemar e Demétrio Costa

1988 - Primeira edição como revista, já sob o nome DBO Rural

1994- Crise nos frigoríficos, que,
nos anos 80, quebravam
facilmente, dando calote
nos pecuaristas.

1997 - Mistura múltipla, hoje chamada de proteinado, representou uma: revolução no cocho

2005 - Aplicação de rifle sanitário em Eldorado (MS), devido a um surto de fere aftosa

2018

2018 - Brasil comemora o status de livre de aftosa com vacinaçao como país

Edição comemorativa dos 40 anos da DBO

A nova e rica etapa que se inicia aos 40 anos

Aos 40 anos, uma nova DBO, com nova logomarca, nova diagramação e novas seções, sem perder a essência de seu foco, sintetizado no slogan “Informação e Negócios da Pecuária”. Informação no seu sentido amplo de levar conhecimento, difundir novas tecnologias, inovações e sistemas de produção, sempre com vistas ao aprimoramento dos negócios do setor. Esta tem sido a característica fundamental dessa trajetória de êxito da DBO ao longo destas quatro décadas, como resumidamente destaca a editora Maristela Franco na reportagem de capa, e seguirá sendo o farol a iluminar nosso caminho, nesses novos tempos desafiadores da comunicação.

Comemora-se aqui os 40 anos da revista DBO impressa, que, mesmo com a profusão de canais digitais para acesso à informação pelo produtor, mantém seu vigor e relevância graças aos milhares de leitores-assinantes, como você, que não abrem mão de ter e colecionar os exemplares para consulta a qualquer tempo. Além da nova apresentação visual, sua revista também chega com novas seções fixas, como a de Práticas Sustentáveis, Bem-Estar, Manejo em Quadrinhos e DBO Responde. Outro destaque é a estreia do novo colunista Antônio Chaker, um dos mais respeitados especialistas em gestão agropecuária. Nesse trabalho de renovação da logomarca e marcas acessórias, que se completará com o reposicionamento da plataforma DBO, tem sido de extrema valia o suporte da agência paulistana RV Mondel.

Com amplo legado de contribuição à modernização da pecuária brasileira, a Revista DBO estende seu lastro de respeito e credibilidade a toda a plataforma de comunicação da DBO, abrangendo o Portal DBO, acessado por centenas de milhares de usuários todos os meses, os canais de vídeos do DBO Play, Youtube DBO, mídias sociais e o programa Terraviva DBO na TV. Agrega-se à mesma plataforma o DBO sob medida, dedicado ao desenvolvimento de projetos especiais e produção de conteúdo de marca.

Ao comemorarmos os 40 anos, indispensável render homenagem a todos os profissionais que contribuíram para colocar e manter a DBO no seu alto padrão de qualidade, bem como aos leitores e seguidores de nosso trabalho no digital e ao apoio recebido de nossos parceiros anunciantes. Muito obrigado a todos.

Há 40 anos, antes de sair o número zero, Daniel, à esquerda, sonhava com a força do Informativo DBO para o marketing seu e do Odemar como leiloeiros; Odemar só pensava em empreender na leiloeira própria, e eu, como irmão do meio, mediava conversas e reservava noites e madrugadas disponíveis para redigir o Informativo. Há muito tempo, compartilhamos o orgulho pelo que se tornou a DBO

40 anos de DBO

O testemunho pessoal do nosso diretor, Demétrio Costa, que viu a DBO nascer e dedicou sua vida à tarefa de transformá-la em referência para o setor pecuário, usando uma ferramenta poderosa: o bom jornalismo

Formação profissional

Comecei muito cedo no jornalismo. Tinha apenas 15 anos, em abril de 1964, quando me tornei um dos redatores do jornal falado Primeira Hora, até hoje transmitido das 7 às 8 da manhã, pela Rádio Bandeirantes. Nos 18 anos seguintes, na maioria do tempo acumulando dois a três empregos, passei pela agência noticiosa internacional UPI, pelo Jornal da Tarde, rádios Difusora, Tupi e Eldorado, assessoria de imprensa do gabinete do prefeito de São Paulo, TV Bandeirantes, chefia de jornalismo das rádios Tupi e Difusora, direção de jornalismo da Rádio e TV Cultura, assessor de imprensa da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo e chefe de jornalismo da Rede Capital de rádio”.
Número 1 do Informativo DBO registrava a boa receptividade do número zero, com tiragem de 14.500 exemplares, e destacava a agenda de mais de 50 leilões para o mês à frente

Apoio fraterno 

“No início de 1982, ainda na Secretaria de Cultura e Rede Capital, fraternalmente me dispus a dedicar fins de semana e eventuais madrugadas para auxiliar na preparação de textos para o número zero do Informativo DBO, um jornal tabloide de apenas 12 páginas. O propósito do Informativo era o de servir como veículo de divulgação de uma empresa leiloeira que Odemar e Daniel planejavam criar. Em relação à leiloeira, ainda existia muita divergência entre eles. Era muito mais uma obstinação do Odemar, que pouco antes havia deixado a condição de sócio da Programa, uma das duas grandes empresas do mercado. O Daniel, já com uma agenda de leilões pela Remate, a outra grande, resistia à ideia, mas se encantava com o Informativo como veículo de marketing deles como leiloeiros. Rapidamente, vendeu todos os anúncios necessários para bancar o número zero, arregimentou colaborações de jornalistas de nome como J.M. Nogueira de Campos, então editor da Revista dos Criadores, e Cecília Zioni, da Folha de S.Paulo; o Odemar trouxe o veterinário Ronald Leite Rios como colunista e ambos levantaram informações sobre leilões realizados e a acontecer que serviram de base para meu trabalho de redação.”
João Maria Nogueira de Campos, hoje aos 88 anos, foi o meu primeiro e competente parceiro na edição do então DBO Jornal de Leilões. Chegou no quinto número e com algum intervalo, aqui esteve por mais de 30 anos. Fernando Yassu começou a fazer parte e contribuir muito para a história da DBO a partir do quinto ano da publicação e segue conosco até agora, nos seus 70 anos.

Número zero

“Em março de 1982, saiu o número Zero do Informativo DBO. Normalmente, o número zero tem uma tiragem pequena, só para mostrar o projeto ao mercado anunciante. No Informativo DBO foram nada menos do que 14.500 tabloides, dos quais 11.500 enviados para uma listagem de pecuaristas e entidades do setor que o Odemar havia negociado como parte de seu acordo de saída da Programa. Como a empresa leiloeira ainda era uma interrogação, no número zero não saiu uma linha sequer sobre ela. Ao contrário, falou-se de resultados e de leilões programados por todas as leiloeiras. Nessa época, os leilões vinham mudando radicalmente a forma de comercialização de animais, mas nenhuma publicação da área percebeu o alcance dessa mudança e a oportunidade que ela representava. Só uma ou duas publicações davam uma simples página para divulgar alguns resultados e notícias rápidas de eventos programados.”
Nova e importante reforma gráfica, em maio de 1986, ostenta a nova logomarca DBO Rural, que permaneceria até o 20º aniversário, quando ficou apenas DBO. A partir de então, e por mais de dois anos, DBO Rural teve circulação quinzenal com impressão em cores e o novo acabamento refilado e grampeado, como uma revista no tamanho tabloide.

Repercussão

“Com a carência de notícias sobre os leilões, assim que o Informativo DBO começou a chegar aos destinatários, a repercussão foi tão favorável que todas as dúvidas sobre a criação da empresa leiloeira desapareceram. A empresa seria o próprio Informativo. E já que o jornal ia ser a empresa, achei que ele podia ter um nome de jornal e não DBO. Sem chance. O Odemar sentenciou: “se existe DPZ (uma das principais agências de publicidade), pode existir DBO. E, de fato, o nome era o de menos. Nada era tão importante quanto o que se acabava de descobrir: o espaço para uma publicação especializada que foi se encorpando e melhorando praticamente edição a edição, fruto inicial da soma de habilidades de cada um de nós – o Daniel como comercial e marketing, Odemar como fotógrafo e produtor gráfico, e eu na redação – esforço ao qual gradualmente foram se incorporando colaboradores de grande valor. E eu, que nunca tinha pensado em ter ou ser sócio de uma empresa jornalística, enxerguei na DBO Editores, antes de tudo, a oportunidade de contribuir para um projeto de real significado: a consolidação de um veículo importante para o público a que se destinava. Em cinco meses, deixei a Secretaria de Estado da Cultura e em menos de um ano também larguei a Rede Capital.” 

Com a hiperinflação, a DBO teria morrido, se não tivesse se reinventado no início dos anos 9O”

Moacir José e Maristela Franco chegaram quase juntos à DBO, em 1991 – Moacir, paulistano, um pouco antes como free-lancer; Maristela, veio de Goiânia, em busca de novo horizonte, mas já trazendo na bagagem rica experiência no jornalismo especializado do suplemento Jornal do Campo, do jornal O Popular, de Goiânia. Repórteres por excelência, Moacir foi o editor de DBO até março de 2018, quando passou o cargo a Maristela, sem deixar de seguir como importante colaborador da DBO. A exemplo de Moacir e Maristela, a história da DBO foi e continua a ser escrita por um time de jornalistas especializados de primeira linha.

Tempos difíceis

“Eram os anos 80. O Brasil enfrentava recessão econômica, inflação crescente e até 1985 ainda era governado pelos militares. Enquanto outras publicações tradicionais  da área definhavam e desapareciam (Dirigente Rural, Revista dos Criadores, Correio Agro-Pecuário) e outras não conseguiam vingar (a principal delas, o Guia Rural da Editora Abril), o DBO Jornal de Leilões, depois DBO Jornal de Leilões e Negócios Rurais e DBO Rural crescia, reinvestindo todo o lucro, e vez por outra se valendo ainda do socorro financeiro dos sócios leiloeiros. Em 1987, com a ressaca do Plano Cruzado e a inflação voltando a galope, as boas edições quinzenais de abril que precediam a ExpoZebu, deixaram amargas consequências. Com o fracasso de um bom número de leilões, a inadimplência foi alta, marcando o início de um período de mais de dois anos de graves dificuldades. A DBO, que, por seu pioneirismo e qualidade, nunca tivera concorrência no segmento de leilões por parte das outras publicações da área, passou a ter competidores de onde menos esperava: o suplemento agrícola do Estadão e o Agrofolha, da Folha de S.Paulo.

Na década de 80, graças a seu foco, DBO se encorpava,enquanto publicações tradicionais definhavam”

Não somente começaram a divulgar resultados de leilões como também a disputar os anúncios, cobrando até menos do que a DBO para tiragens bem maiores. Mas o pior nem era essa concorrência. A grande ameaça no final dos anos 1980 era a inflação. Como um dos principais trunfos da DBO era servir de referência dos preços de mercado, com a inflação acelerada esses preços logo perdiam sentido. A DBO teria acabado se não tivéssemos conseguido nos reinventar naquele período”.

No final da década de 90, sem a concorrência de Internet e outros canais, a DBO chegou a sair com edição de 340 páginas”

O caminho da DBO na internet começou no final dos anos 90 com o lançamento do site, que em 2004 evoluiu para o Portal DBO, com atualização diária. Atualmente, o Portal DBO, com centenas de milhares de usuários por mês, é o principal canal de informação especializada para a pecuária.

Reforma gráfica

“O marco dessa virada e da progressiva consolidação da revista DBO como líder no segmento da pecuária foi a reforma gráfica e editorial do décimo aniversário, em março de 1992, precedida pouco antes pelo lançamento do Anuário DBO de Pecuária de Corte, o atual Anuário DBO. Com uma equipe jornalística de primeira linha, que tinha em sua base nomes que são destaque até hoje, e à qual se integraram tantos outros profissionais de qualidade, a DBO estabeleceu um novo padrão no jornalismo dirigido à pecuária, fortemente apoiado nas reportagens de campo. Na fase áurea dos leilões sem TV e do marketing intenso das várias raças bovinas, principalmente após o Plano Real, em 1994, as edições da revista foram se tornando cada vez mais robustas. No final dos anos 90, chegamos a sair com uma edição de 340 páginas! Vinte anos depois, com todos os desafios que o digital trouxe para os veículos impressos, a revista DBO segue como a publicação da área mais prestigiada pelo mercado anunciante, atestando, ao mesmo tempo, o bom e sempre correto relacionamento de sua equipe comercial com o mercado, e a relevância de seu conteúdo. Além de chegar a milhares de leitores-assinantes que não renunciam ao impresso, a revista também pode ser vista em versão digital no Portal DBO e no celular ou tablet através de aplicativo para IOS ou Android. A presença da DBO no digital, que começou a crescer com a transformação do site em portal de notícias em 2004, consolida-se mês a mês com centenas de milhares de usuários que regularmente acessam o Portal DBO, para atualização em tempo real sobre mercado e tudo o que acontece na pecuária, além da leitura de conteúdo exclusivo da revista. Uma oferta de conteúdo especializado de qualidade e com credibilidade que só tende a crescer e se aprimorar com a programação de entrevistas, reportagens e lives no DBO Play e no canal DBO no Youtube e os destaques nas mídias sociais da DBO no Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin.”
O caminho da DBO na internet começou no final dos anos 90 com o lançamento do site, que em 2004 evoluiu para o Portal DBO, com atualização diária. Atualmente, o Portal DBO, com centenas de milhares de usuários por mês, é o principal canal de informação especializada para a pecuária.

Depoimentos

“Falar da DBO é falar de credibilidade e qualidade. É falar de algo que faz parte do meu dia a dia. Como entusiasta da informação, e do poder de transformação social que a comunicação tem, reverencio esses 40 anos de serviços bem prestados ao nosso setor, elencando sempre pautas relevantes para o agronegócio. Como presidente da ABCZ, mas, principalmente, como pecuarista, tenho a DBO como uma das minhas importantes fontes de informação”.
Rivaldo Machado Borges Junior
Presidente da ABCZ
“Foi nas páginas da DBO que inúmeros criadores receberam informações vitais para o sucesso de seus negócios e para o melhoramento dos rebanhos. E foi assim que projetos como o Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo) ganharam presença nacional, podendo agregar diferencial em diferentes Estados, raças e criatórios.”
Associação Nacional de Criadores
“Leitor desde 1983, anunciante desde 1986, tive o privilégio de acompanhar a trajetória vitoriosa da DBO. Jornalistas profissionais de raro talento, os irmãos DBO e suas equipes ao longo dos anos, ajudaram os pecuaristas Brasil afora com informação de qualidade e credibilidade. Ontem, como hoje, seja em qualquer plataforma de comunicação, ler a DBO é indispensável para a tomada de decisão do pecuarista. Obrigado DBO! Vida longa à DBO! Viva!”
Jovelino Carvalho Mineiro
Pecuarista e agricultor
“Credibilidade é algo que se constrói com trabalho sério, estudo e dedicação. Características que definem bem o exercício do jornalismo praticado pela Revista DBO e seu portal de notícias.”
Sindilat
Sindicato da Indústria de Laticínios
“É uma imensa alegria comemorar os 40 anos da Revista DBO, da qual a Matsuda é parceira desde 1983. Meu pai Jorge Matsuda, visionário que sempre foi, acreditou, lá atrás, na formação dela, que hoje é a principal revista do setor.”
Leonardo Matsuda
Diretor do Grupo Matsuda
“Sou assinante há uns 5 anos e quero dizer-lhes que foi muito bom ter assinado a Revista DBO. Desde então, e a cada mês, fico menos amador na gestão da minha fazenda.”
Bruno Bastos Lima Rocha
“Quando comecei minha criação de nelore mocho a DBO já tinha 4 anos. Virei fã incondicional e considero DBO como o melhor veículo para divulgar nossos leiloes e para aprender sobre as inovações do agronegócio.”
Carlos Viacava
Nelore CV
“DBO, 40 Anos….Quantas histórias, quanta contribuição à nossa atividade, quantos amigos as revistas do Grupo DBO têm enaltecido, levando conhecimento com credibilidade aos leitores.”
Ricardo Kuhni
Assoc. Criadores de Nelore do NE
“Informação de qualidade passa pelas páginas das publicações do Grupo DBO, e não há como trabalhar no agronegócio sem isso. A Família Rincon del Sarandy parabeniza por essa trajetória de 40 anos de sucesso, inovação e credibilidade.”
Ignacio Tellechea
Cabanha Rincon del Sarandy, RS
Indiscutivelmente, a DBO mudou a comunicação no agronegócio, muito especialmente na pecuária e mais ainda na pecuária seletiva. O que seria dos leilões e de toda a cadeia se não fosse o trabalho da DBO. Nós, das leiloeiras, só temos a gradecer a vocês, Daniel, Demétrio e Odemar, por toda a facilidade que nos criaram na comunicação. Sucesso!
Lourenço Campo
Central Leilões
São 40 anos de convívio e profícuo labor, e acima de tudo muita amizade e respeito. Isso não é para qualquer um. Todo esse tempo com êxito. Deus os abençoe.
Marcelo Silva
Trajano Silva Leilões
O compromisso da DBO com a informação de qualidade e com o agronegócio brasileiro nos inspiram ao longo dos 31 anos de Estância Bahia. A melhor publicação das últimas 4 décadas para todos os homens e mulheres de botina do Brasil! Parabéns DBO!
Maurício Tonhá
Estância Bahia Leilões
Parabéns pelos 40 anos da DBO, essa revista que sempre foi imparcial, trazendo notícias relevantes para os pecuaristas. Fica aqui nossa singela homenagem.
Dennys Marangon
Bauru.com Leilões
“A minha história se entremeia com a Revista DBO. Assisti passo a passo tudo o que rolou nesse tempo. A diferença é que a minha história é finita e a DBO é eterna. Haja vista que, hoje, na Era Digital, a DBO, surpreende novamente, batendo a impressionante marca de 400 mil acessos/mês.”
Djalma Barbosa de Lima
leiloeiro e empresário
“A DBO, sempre foi uma ferramenta de consulta e acompanhamento de tecnologia e de avanços na nossa pecuária. Lembro me sempre da nossa expectativa em receber um novo exemplar e poder folear as páginas em busca de novas informações. Meu pai (João Arantes Jr) adorava presentear os amigos com uma assinatura! Sempre será a revista NÚMERO UM da pecuária brasileira!”
Rick Arantes
Senepol Nova Vida
“Reciban mis felicitaciones por los primeros 40 años de DBO. Vuestro aporte para el engrandecimiento de la pecuaria brasilera y boliviana ha sido importante, no solo informando sino también orientando con importantes trabajos técnicos e innovadores que nos permitieron a los lectores incorporar técnicas que mejoran nuestra productividad y competitividad. Perseverancia, constancia, información veraz son características de DBO.”
Luiz Fernando Saavedra,
criador boliviano de Nelore
“Alguns dos mais importantes capítulos da história da raça Angus foram escritos e transcritos nas páginas da Revista DBO. Precisa, forte e ostentando uma apuração primorosa, a revista é um patrimônio para toda a pecuária nacional.”
Nivaldo Dziekanski
Presidente da Associação Angus
Demetrio - Diretor de Jornalismo da TV Cultura; Daniel Bilk - Um dos melhores Leiloeiros do Brasil; Odemar - Também um grande Leiloeiro; Abraçaram de corpo e alma e fizeram do “Tabloide” a melhor revista do Brasil ligada a Agropecuária. Trabalho - Competência e Dedicação deu nisso: Sucesso. Parabéns DBO- 40 anos de sucesso. Só “ótimos” conseguem.
Cristiano Prata Rezende
Leilopec
“Quarenta anos de muito trabalho, informação, correria, preocupação, perseverança, alegria, tristeza, muitas vitórias e até decepções, mas nenhuma que deixasse a equipe desmotivada para alcançar a sua meta e objetivo. Quantas pessoas, pecuaristas e neloristas já se informaram, se emocionaram, cresceram lendo e se conheceram através desta revista. Agora é o momento do reconhecimento, vamos aplaudir, agradecer e parabenizar a DBO.
Nabih Amin El Aouar
Pres. da ACNB
“Parabéns à DBO. Sou assinante tem uns 5 anos (vocês devem saber), e quero dizer-lhes que foi muito bom ter assinado a Revista. Desde então, e a cada mês, deixo de ser menos amador na gestão da minha fazenda. A DBO vem me ajudando a aprender muito de como bem gerir uma fazenda de recria e engorda. Tenho aproveitado também a Newsletter. Obrigado DBO.”
Bruno Bastos Lima Rocha
“Há mais de 30 anos quando comecei a gatinhar como Leiloeiro Rural, a revista DBO já era a maior referência em publicações e notícias agropecuárias, enriquecendo e evoluindo o nosso conhecimento … Com 40 anos de permanência no mercado, comprova seu pioneirismo, transparência e dedicação as respeitosas informações sobre o Agronegócio Brasileiro. PARABÉNS DBO, PARABÉNS Odemar, Demétrio e Daniel!”
Aureo R. Filho (Tico) - Leiloeiro Rural
“Documentar informações é um trabalho que exige empenho e muita seriedade. Conhecedora dos dilemas e desafios do “registrar”, a Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC) parabeniza a Revista DBO pela passagem de seus 40 anos e pelo trabalho sério e meticuloso que executa em cada edição. Só temos a agradecer aos profissionais e gestores por tanto empenho e determinação em apresentar o melhor que o Brasil pode produzir em suas páginas. Foi nas páginas da DBO que inúmeros criadores receberam informações vitais para o sucesso de seus negócios e para o melhoramento dos rebanhos. E foi assim que projetos como o Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo) ganharam presença nacional, podendo agregar diferencial em diferentes estados, raças e criatórios. Parabéns a todos e muitos anos de sucesso pela frente!”
Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC)
“Nosso reconhecimento à família DBO pela contribuição ao Agro, com informações técnicas e notícias com credibilidade contribuindo pelo crescimento e sustentabilidade do agro brasileiro. Parabéns pelas 4 décadas de atuação e certamente muitas outras virão. O produtor rural precisa de vocês”
Murilo Maciel
Vídeos Especiais | 40 anos DBO

Fotos da Festa de 40 Anos da DBO

+ Depoimentos

Linha do tempo

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Portal DBO
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: