Mais de 79% dos abatedouros do país são de pequeno porte

Estabelecimentos com até 25 abates diários representaram 58,7% do total levantado pelo IBGE

O estabelecimentos de menor porte, com abate máximo de até 100 cabeças diárias, representaram a maioria dos abatedouros com produção de carcaças do Brasil no primeiro trimestre de 2019, segundo dados da Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o instituto,  esses abatedouros responderam por 79,2% do total pesquisado no período e responderam por 16,7% dos bovinos abatidos. Entre os estabelecimentos com até 25 abates diários, essa participação foi de 58,7%, respondendo por 4,7% do total de abates. Já os estabelecimentos de maior porte representaram 20,9% do total, mas responderam por 83,3% do total de abates.

Continue a leitura após o anúncio

A pesquisa ouviu 1.100 estabelecimentos, dos quais 200 possuíam o Serviço de Inspeção Federal (SIF), 370 o Serviço de Inspeção Estadual (SIE) e 530 o Serviço de Inspeção Municipal (SIM), respondendo, respectivamente, por 76,7%, 18,2% e 5,1% do peso acumulado das carcaças produzidas.

 

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO