Estamos trabalhando para antecipar Plano Safra 2020/21, diz Tereza Cristina

Ministra da Agricultura disse que a antecipação "seria bem-vinda" porque traz previsibilidade para os produtores para o próximo ciclo

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse na noite desta quarta-feira (8) que sua pasta está trabalhando para tentar antecipar o Plano Safra 2020/21. “Estamos trabalhando, mas com toda a demanda que tem hoje na Economia (no Ministério) não é fácil antecipar o Plano Safra”, advertiu.

Entretanto, ela disse que a antecipação “seria bem-vinda” porque traz previsibilidade para os produtores para o próximo ciclo, cujo plantio começa em setembro. “Isso está em discussão, se vai ser ou não antecipado. Há muitos pleitos de todas as áreas no governo, e não só da Agricultura. Estamos discutindo isso há um bom tempo, mas precisa bater o martelo.”

A ministra lembrou, ainda, que normalmente o Plano Safra é lançado em junho, mas que a antecipação desse dinheiro “traria previsibilidade para o mercado e os produtores”. A ministra disse, ainda, que pretende ampliar os recursos para a subvenção ao prêmio do seguro rural, que na atual safra ficou em R$ 1 bilhão – ante R$ 600 milhões do ciclo 2018/19. “Queremos um pouco mais”, disse, sem porém especificar quanto.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Revista DBO | Na vanguarda ambiental

VEJA mais destaques da edição de julho; na capa, Liga do Araguaia entra no “mercado verde”. Alguns produtores já recebem de R$ 250 a R$ 370/ha/ano para manter excedente florestal de pé.

Revista DBO | Na vanguarda ambiental

VEJA mais destaques da edição de julho; na capa, Liga do Araguaia entra no “mercado verde”. Alguns produtores já recebem de R$ 250 a R$ 370/ha/ano para manter excedente florestal de pé.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.