Estiagem de janeiro é comparável à seca de 2014, aponta Cooxupé

Cooperativa vê risco de quebra da produção das safras 2018/19 e 2019/20 caso cenário não mude nos próximos meses

As chuvas abaixo da média observadas em janeiro deste ano no cinturão cafeicultor do oeste paulista e sul de Minas Gerais estão comparáveis à seca de 2014, quando o clima extremamente quente assolou a produção cafeeira do município, segundo aponta a Cooxupé, maior cooperativa de cafeicultores do mundo. De acordo com o Departamento de Geoprocessamento da cooperativa, choveu apenas 47% do esperado no cerrado de Minas Gerais; 43% na média mogiana do estado de São Paulo e 41% no Sul de Minas.

+Chuvas aliviam condições de desenvolvimento do café
+Veranico prejudica cafezais e coloca em risco safra 2019/20
+Vendas de café no Brasil devem crescer 3,5% por ano até 2021

Além da falta de chuvas, a cooperativa desta o calor como um fator de risco para a safra 2018/19 e 2019/20. Enquanto a temperatura – de acordo com a média histórica – elevou 1 grau em janeiro de 2014, neste mesmo mês de 2019 a média histórica foi para 1,5 grau em toda área de ação da Cooxupé.

“Os cafezais ficaram expostos a uma grande amplitude térmica cujas temperaturas mínima e máxima registraram 14 e 36 graus. A associação destes fatores pode comprometer o metabolismo do cafeeiro, com intensidades diferentes, de acordo com as características de cada região”, explica a cooperativa em nota.

Para o presidente da Cooxupé, Carlos Paulino, apesar da situação não estar confortável ainda é cedo para falar em quebra de safra. “No momento não temos condições de mensurar o tamanho dessa possível quebra. O impacto será bem menor se as chuvas vierem em fevereiro e em março, portanto, são meses decisivos para nós”, explica Paulino em nota. Atualmente, as lavouras da cooperativa encontram-se na fase de granação para a produção de 2018/19 e de crescimento para a produção de 2019/20.

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: