EUA esperam colher sua pior safra de milho em quatro anos

Pessimismo se deve às chuvas e alagamentos no Meio-Oeste, que atrapalharam bastante o plantio

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) reduziu fortemente sua estimativa para a produção doméstica de milho em 2019/20. Em seu relatório mensal de oferta e demanda, publicado nesta terça-feira, 11, o governo dos EUA cortou a projeção de 15,03 bilhões para 13,68 bilhões de bushels (381,76 milhões para 347,47 milhões de toneladas), o que representaria o menor volume desde a temporada 2015/16.

Analistas consultados pelo Wall Street Journal projetavam um corte menor, para 13,903 bilhões de bushels (353,14 milhões de toneladas). A forte redução se deve às chuvas e alagamentos no Meio-Oeste, que atrapalharam bastante o plantio. A previsão de rendimento foi reduzida de 176 para 166 bushels por acre (11,05 para 10,42 toneladas por hectare), ante expectativa de analistas de 170,3 bushels por acre (10,69 toneladas por hectare).

Quanto à soja, a estimativa de produção foi mantida em 4,15 bilhões de bushels (112,96 milhões de toneladas), enquanto o mercado esperava 4,092 bilhões de bushels (111,38 milhões de toneladas). A projeção de rendimento também ficou sem alteração, em 49,5 bushels por acre (3,33 toneladas por hectare). O mercado projetava 48,7 bushels por acre (3,28 toneladas por hectare).

O USDA também elevou sua previsão para a safra de trigo nos EUA em 2019/20, de 1,897 bilhão para 1,903 bilhão de bushels (51,63 milhões para 51,80 milhões de toneladas), enquanto os analistas esperavam 1,891 bilhão de bushels (51,47 milhões de toneladas).

Quanto aos estoques domésticos de soja ao fim da temporada 2019/20, o USDA aumentou sua estimativa de 970 milhões para 1,045 bilhão de bushels (26,40 milhões para 28,44 milhões de toneladas). O mercado previa uma elevação menor, para 987 milhões de bushels (26,86 milhões de toneladas).

Para o milho, a projeção de estoques finais em 2019/20 foi cortada de 2,485 bilhões para 1,675 bilhões de bushels (63,12 milhões para 42,55 milhões de toneladas). Os analistas projetavam 1,731 bilhão de bushels (43,97 milhões de toneladas).

A previsão para estoques domésticos de trigo em 2019/20 passou de 1,141 bilhão para 1,072 bilhão de bushels (31,06 milhões para 29,18 milhões de toneladas), enquanto o mercado previa uma redução menor, para 1,115 bilhão de bushels (30,35 milhões de toneladas).

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: