EUA triplicam embarques de carne suína para China em agosto

País também se beneficia dos surtos de peste suína no gigante asiático, apesar da atual guerra comercial

Os exportadores norte-americanos de carne suína, assim como os demais grandes fornecedores mundiais da proteína, também estão conseguindo tirar proveito da maior necessidade importação da China, que teve o rebanho de porcos devastado pela peste suína africana.

Segundo dados divulgados pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e compilados pela Federação de Exportação de Carne dos EUA (USMEF), a indústria norte-americana embarcou para China/Hong Kong 63.656 toneladas de carne suína em agosto passado, mais que o triplo da quantidade exportada em agosto de 2018. Em receita, as exportações subiram 160% no período mensal, para US$ 137,6 milhões.

No acumulado de janeiro e agosto, os embarques para a China/Hong Kong aumentaram 35% em volume, para 356.322 toneladas de carne suína, e 17% em valor, alcançando US$ 717,9 milhões, segundo o relatório.

As vendas norte-americanas de carne de porco para China crescem mesmo com o histórico de longos 15 meses de batalha comercial entre os dois países – na última sexta-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou o início de uma primeira fase de um acordo para o fim do impasse, ainda não oficializado.

“A demanda da China por carne suína importada aumentou constantemente nos últimos meses e a indústria dos EUA está bem posicionada para ajudar a suprir essa necessidade”, disse o presidente e CEO da USMEF, Dan Halstrom, no relatório.

Dados gerais

Considerando todos os países, as exportações norte-americanas de suínos atingiram 221.582 toneladas em agosto, um aumento de 22% em relação ao mesmo mês do ano passado. No mesmo período, o valor das exportações subiu 19%, para US$ 588,8 milhões.

No acumulado de janeiro a agosto, os embarques gerais de carne suína subiram 4% sobre o volume obtido em igual período de 2018, para 1,7 milhão de toneladas. Em receita, as vendas externas de carne de porco dos EUA tiveram acréscimo de 1% no acumulado dos primeiros oito meses de 2019, para US$ 4,35 bilhões.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

BLACK FRIDAY DBO

Plano anual

-25% OFF

Conteúdo de qualidade para quem vive de pecuária.