Expoinel sofre com encurtamento da agenda

Com apenas quatro remates, feira de Nelore teve queda de mais de 60% na oferta e receita

Principal mostra de Nelore do País, a Expoinel cumpriu a sua 47ª edição entre os dias 20 e 30 de setembro, em Uberaba, MG. Assim como no ano passado, a feira promovida pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) sofreu um novo encurtamento na agenda de leilões.

Continue a leitura após o anúncio

De acordo com o gerente executivo da ACNB, André Locateli, a feira tem sido impactada pela redução no número geral de leilões e também pelo fato de muitos produtores preferirem segurar sua produção para ser comercializada em remates próprios ao longo do ano.

Este ano foram realizados apenas quatro remates que comercializaram 105 lotes de animais e prenhezes por R$ 2 milhões. Na comparação com a edição anterior, de acordo com o Banco de Dados da DBO, a oferta a receita caíram 63% e 66%, respectivamente. Em 2017, a Expoinel foi palco de seis leilões que movimentaram R$ 6 milhões por 281 lotes.

Uma das baixas mais sentidas neste ano foi do Leilão EAO, Guadalupe & Carthago, que geralmente emplacava com a maior receita da feira. No ano passado, o remate faturou R$ 3,1 milhões, mais do que a receita total da Expoinel deste ano.

Fonte: Portal DBO

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO