Menu
Menu

Exportação de café solúvel cresce 35% em maio, diz Abics

Vendas brasileira de café solúvel alcançaram 326.172 sacas de 60 kg. Segundo Associação, Brasil registra uma recuperação dos embarques do segmento no ano
Foto: Visual Hunt

A exportação brasileira de café solúvel alcançou 326.172 sacas de 60 kg em maio, representando aumento de 35,18% na comparação com o mesmo mês de 2018. Com o resultado, o País registra uma recuperação dos embarques do segmento no ano, segundo informa a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics).

A receita obtida com os embarques de café solúvel em maio foi de US$ 47,6 milhões, aumento de 21,49% na comparação com o quinto mês de 2018. No acumulado do ano, até maio, os embarques com o produto somam 1,50 milhão de sacas, em comparação com 1,39 milhão de sacas. A receita cambial atingiu US$ 220,1 milhões no acumulado dos cinco meses de 2019.

Para a Abics, o próximo desafio ao segmento é a evolução no mercado interno. “Em volume, as remessas apresentaram resultados excelentes no primeiro bimestre, mas fraco desempenho no segundo. O mês de maio, porém, foi de ótimo desempenho, que proporcionou uma alta de 8,42% no acumulado dos cinco primeiros meses do ano na comparação com o volume exportado de janeiro a maio do ano passado, que foram enviadas a 94 países”, analisa em comunicado o diretor de Relações Institucionais da entidade, Aguinaldo Lima.

Segundo ele, mantido o bom desempenho das exportações, a meta de crescimento de volume, prevista pelas indústrias em 5% para este ano, será atingida com certa folga. “Isso significa que o café solúvel do Brasil vem ganhando espaço de concorrentes e atendendo à demanda de crescimento do consumo mundial dessa bebida no mundo, que é próximo de 3% ao ano, sendo a Ásia o destaque dessa evolução”, explica.

Para consolidar a liderança do Brasil nas exportações, que atualmente somam cerca de US$ 600 milhões ao ano, a Abics deposita grande esperança na conclusão do acordo entre União Europeia e Mercosul, que significará a retirada de 9% de tarifa cobrada na importação do solúvel brasileiro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

Um panorama da pecuária do norte do MT

Última etapa do “Acrimat em Ação 2019”, acompanhada por DBO, visitou municípios do norte do MT, onde os pecuaristas lidam com estradas ruins e insumos caríssimos. Em alguns locais, o valor do calcário é quase proibitivo. 

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

Invista no básico bem feito

Pecuaristas, mesmo tecnificados, ainda pecam no manejo por não fazer planejamento, estabelecer metas e criar calendário de ações.

Café com frio

Especialista dá dicas de como evitar problemas com o frio no cafezal, cultura que gosta de “cabeça quente e pés frios”

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×
×

Carrinho