Exportações de carne em ritmo acelerado no segundo semestre

Desempenho dos embarques tem ajudado a sustentar cotações do boi gordo no mercado interno
Foto: ANPR

As exportações brasileiras de carne bovina estão a todo vapor neste segundo semestre, cenário que, segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq USP), tem ajudado a sustentar as cotações internas da arroba do boi gordo, visto que enxuga a disponibilidade doméstica da proteína.

O Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa registrou alta de 0,44% de 29 de agosto a 5 de setembro, fechando a R$ 146,65 nessa quarta-feira, 5. Em agosto, o volume da proteína in natura brasileira exportada foi de 144.420 toneladas, 10,4% acima do total de julho, segundo a série da Secex.

A maior quantidade vendida somada ao câmbio elevado resultaram em faturamento mensal novamente acima de R$ 2 bilhões.

Fonte: Cepea

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Revista DBO | Ele quer todo gado na sombra

VEJA os destaques da edição de maio e o Especial Instalações e Equipamentos; na capa, a Agropastoril Campanelli investe em cobertura metálica dos currais e comprova ganho de mais de meia arroba por animal engordado na sombra

Revista DBO | Ele quer todo gado na sombra

VEJA os destaques da edição de maio e o Especial Instalações e Equipamentos; na capa, a Agropastoril Campanelli investe em cobertura metálica dos currais e comprova ganho de mais de meia arroba por animal engordado na sombra

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Relacionado