Faesc reforça preocupação com abastecimento de milho em 2020

"Brasil iniciará 2020 muito vulnerável, com estoques baixos e totalmente dependente do clima", disse a entidade

A Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina (Faesc) reforçou nesta terça-feira, 26, a preocupação com o abastecimento de milho em 2020. “O Brasil iniciará 2020 muito vulnerável, com estoques baixos e totalmente dependente do clima”, disse a entidade, em nota.

“Como o preço de mercado nunca esteve inferior ao preço mínimo, o governo não se preocupou em fazer estoques. A saída será buscar milho no mercado internacional”, afirma, acrescentando que isso terá um custo adicional.

A Faesc cita dados do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri (Epagri/Cepa), que apontam que no Estado a área de milho vai recuar 1,07% e a produção pode ser 3,16% menor.

Continue a leitura após o anúncio

“Em Santa Catarina, o déficit de milho – que agora chegará a 4,5 milhões de toneladas/ano – é suprido pelas importações interestaduais de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná, além das importações da Argentina e Paraguai”, destaca a Faesc.

Conforme a análise, a constante valorização do preço da soja e a forte oscilação nos preços do milho estimularam a conversão das áreas de milho para o plantio da soja, principalmente nas regiões oeste e meio-oeste.

Desde 2012/2013 a área destinada às lavouras de milho-grão reduziu-se em mais de 150 mil hectares. Por outro lado, o crescimento da área cultivada para a produção de milho-silagem é outro fator que reduz a oferta de milho-grão para a suinocultura e a avicultura.”

O vice-presidente da Faesc, Enori Barbieri, estima que da safra recorde de 101 milhões de toneladas 65 milhões de toneladas ficarão para consumo interno e o restante será enviado ao exterior.

“A situação cambial estimula a venda externa e o País deve embarcar 40 milhões de toneladas”, estimou na nota. Para a entidade, milho ficará mais escasso e mais caro. Lembrando que 5 milhões de toneladas serão transformados em etanol de milho.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print
2742961

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Notícias relacionadas:

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Cadastre-se e receba nossas notícias

Todos os dias no seu e-mail melhor conteúdo do agronegócio.