Fazenda Camparino vende matriz Nelore Mocho em rodada tripla por R$ 120.000

O pecuarista José Humberto Vilela Martins fechou espaço na programação do Canal Rural e Terraviva para ofertar vacas paridas e prenhes e matrizes prenhes
A fêmea genotipada e duplamente avaliada Carruagem FIV Camparino (Foto: Reprodução / YouTube)

A Fazenda Camparino (Cáceres, MT) – um dos mais longevos criatórios da raça Nelore Mocho do País, com quase 60 anos de seleção e capitaneado pelo pecuarista José Humberto Vilela Martins – apresentou ao mercado, através das lentes dos canais Terraviva e Canal Rural, uma seleta oferta de vacas paridas e prenhes e matrizes prenhes duplamente avaliadas (PMGZ e ANCP).

SAIBA MAIS | ABCZ confirma a realização de 25 eventos comerciais durante a 86ª ExpoZebu

Promovido nos dias 19 a 21 de abril, o “Virtual Matrizes Mochas Camparino” movimentou R$ 6,5 milhões com a comercialização de 269 novilhas e vacas PO com animal ao pé, filmadas na propriedade e distribuídas em lotes individuais, duplos, triplos, quádruplos e quíntuplos. A média geral da rodada tripla na TV, sendo dois leilões pelo Canal Rural e um no Terraviva, foi de R$ 24.375.

De acordo com o Banco de Dados da DBO, foi a maior oferta do ano para a categoria envolvendo as zebuínas mochas.

Na primeira etapa, as aquisições incluíram 72 reses precoces das safras 2017/18/19 ao valor total de R$ 2,2 milhões. Em cotações médias, saíram 19 novilhas por R$ 30.426, 37 novilhas paridas a R$ 33.527 e 16 vacas paridas por R$ 27.075. Um lote quíntuplo entre 29 e 31 meses recebeu o maior lance da noite: R$ 142.500, feito pelo Rancho T. Agropecuária Ltda (média: R$ 28.500).

A segunda fase da vitrine virtual, no dia 20, rendeu R$ 2,7 milhões com a venda de 113 exemplares, resultando em média geral de R$ 23.893. As 13 novilhas atingiram média de R$ 19.430, cinco vacas à média de R$ 38.400 e 95 matrizes paridas por R$ 23.741, em média.

O lote mais valorizado (foto) da maratona comercial da Camparino foi registrado nesta noite de 20 de abril. A Fazenda Barra Mansa se destacou nas disputas e levou Carruagem FIV Camparino (REM Diablo x JHVM 7885 Camparino) por R$ 120.000. A mocha PO genotipada da geração 2017, DECA 1 no PMGZ e TOP 2 na ANCP, saiu prenhe de Duque Camparino.

Fechando a terceira etapa em 21 de abril, o último balcão eletrônico e transmitido pelo canal Terraviva negociou mais 84 matrizes de genética apurada ao valor médio geral de R$ 19.110.

O leiloeiro rural Adriano Barbosa comandou o martelo durante os eventos, que foram organizados pela Programa Leilões. As captações dos lances foram fixadas para pagamentos em 30 parcelas.

Acompanhe os resultados dos principais pregões de todo o Brasil no Jornal de Leilões

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.