Fazenda Nova e Fazenda Elo Dourado negociam Braford, Nelore e gado comercial

Virtual ofertou lotes de bezerros e bezerras de produção, filmados em Mato Grosso do Sul, além de reprodutores e novilhas de genética apurada do criatório paulista
Foto: Reprodução

No último domingo, 18 de abril, o Canal do Boi transmitiu o “Leilão Fazenda Nova e Fazenda Elo Dourado”, que apresentou ao mercado exemplares selecionados Nelore PO e Braford da Fazenda Nova, capitaneada pelo criador Lourenço Campo, leiloeiro rural e titular da Central Leilões, além de animais de cruzamento da Fazenda Elo Dourado (Inocência, MS), do pecuarista Leonardo Dias Maciel.

VEJA TAMBÉM | “Bem-estar animal é muito mais do que somente manejo no curral”, afirma zootecnista

Na primeira etapa, foram negociadas 1.340 reses – incluindo lotes de 1/2 Angus, 1/2 Charolês e 1/2 Simental -, registrando média geral de R$ 3.870 para as fêmeas e R$ 4.007 para os machos.

Em seguida, foi a vez das novilhas e reprodutores zebuínos e sintéticos rústicos, frutos do trabalho de seleção e melhoramento genético desenvolvido no criatório localizado em Santo Antônio do Aracanguá, no interior de São Paulo.

De acordo com informações da leiloeira, a média geral dos reprodutores Braford foi de R$ 16.540; já os touros Nelore PO, foram valorizados a R$ 22.800 e os touros Nelore PC saíram à média de R$ 19.250. Também foram arrematados um touro Brangus por R$ 14.400 e dois touros Sindi pela média de R$ 12.600.

Entre as fêmeas Braford, foram vendidas novilhas abertas pela média de R$ 7.809 e novilhas prenhes pelo valor médio de R$ 10.478. Da raça Nelore PO, as novilhas abertas tiveram média de R$ 9.600 e as novilhas prenhes, R$ 14.025.

Já as fêmeas Nelore PC foram comercializadas pela média de R$ 9.400 e as prenhes por R$ 10.740, em média. Outro lote de fêmeas Nelore PA saíram à média de R$ 10.500.

Um dos destaques do pregão eletrônico foi a comercialização do touro Cedro da Fazenda Nova (Kibon x Sina Sina 38 – L759), exemplar Braford da safra 2019, que teve cota de 50% adquirida por R$ 39.000, valorizando o animal de R$ 78.000. O jovem reprodutor, já contratado pela Semex, saiu pesando 702 kg e CE 37.

No balanço final, o remate faturou R$ 7,5 milhões, reunindo 61 investidores dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, São Paulo e Tocantins.

O comando do martelo em estúdio foi responsabilidade do leiloeiro rural João Campo. A organização ficou a cargo da Central Leilões, que retransmitiu o evento em seu site e canais no Facebook e YouTube. Pagamentos: quatro parcelas (gado de corte) e 30 parcelas (touros e novilhas).

* Com informações da assessoria de imprensa

Acompanhe os resultados dos principais pregões de todo o Brasil no Jornal de Leilões

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.