Fernando Mattos assume o INAC, no Uruguai

O Instituto Nacional da Carne é uma das entidades mais importantes do país a atuar no agronegócio

Nesta segunda-feira, 23, o agrônomo uruguaio Fernando Mattos assume a presidência do Instituto Nacional da Carne (Inac), uma das entidades mais importantes de seu país a atuar no agronegócio. Mattos já foi presidente da Associação Rural do Uruguai (ARU) e delegado desse sindicato no conselho de administração do Inac. Há alguns anos seu nome é cotado para assumir a entidade.

“Teremos uma tarefa muito ativa com o presidente da República, com o chanceler e com o Ministro da Pecuária para tentar criar condições ao comércio, gerar valor na cadeia e para que nossos produtos sejam colocados em um assento mais importante” , disse   Mattos em entrevista à rádio Agronegocios Sarandí.

Continue a leitura após o anúncio

Embora tenha um rebanho pequeno, o Uruguai um importante produtor e consumidor.  Produz cerca de 550 mil toneladas por ano, dos quais 180 mil toneladas para consumo interno e 370 mil toneladas para exportação. São cerca de 100 países clientes. Vendem a mercados exigentes e que pagam por carne de qualidade superior, como o Japão, por exemplo. exportador de carne bovina.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO