Fertilizantes seguem valorizados em novembro

No fechamento da 1º quinzena do mês, produto ficou 41,1% mais do que em igual período no ano passado


A menor demanda por adubos neste período e o dólar em um patamar menor tiraram a sustentação dos preços dos fertilizantes no mercado interno em novembro.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na primeira quinzena, a tonelada da ureia agrícola ficou cotada, em média, em R$1.826,86 em São Paulo, sem o frete.

Continue a leitura após o anúncio

Houve queda de 2,6% em relação ao fechamento de outubro, mas, ainda assim, o insumo está custando 41,1% mais em relação a novembro do ano passado. Para os adubos potássicos e fosfatados, os recuos médios foram de 1% e 0,2%, respectivamente.

Em curto prazo, a expectativa é de menor movimentação no mercado de adubos. Além disso, os estoques de passagem das empresas deverão manter os preços mais frouxos.

Por fim, continuamos monitorando o câmbio, que na primeira quinzena deste mês apresentou um cenário mais firme, frente a outubro.

Fonte: Scot Consultoria

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO