FNP vê tendência altista para o boi gordo no Centro-Oeste

Necessidade de cumprir contratos de exportação deve contribuir para a alta das cotações, avalia consultoria

No Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a necessidade de cumprir contratos de exportação, aliada à busca de compradores de São Paulo no mercado local, necessidade de cumprir contratos de exportação para as cotações do boi gordo, relata a Informa Economics FNP.

No entanto, explica a consultoria, pelo menos neste início de semana, os frigoríficos presentes nos dois Estados se encontram com razoáveis escalas de abates e os pecuaristas contam com pastos de qualidade, o que auxilia no represamento da oferta. Sendo assim, há uma certa calmaria nos balcões de negócios, segundo a FNP.

Continue a leitura após o anúncio

Veja esta e outras notícias na coluna “Dia a dia do mercado pecuário”.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO