Fonterra eleva estimativa de preço ao produtor

Ajustes de preço dos lácteos realizados pela companhia são referência internacional para o setor
Foto: Divulgação

A companhia de lácteos Fonterra, da Nova Zelândia, aumentou sua estimativa de preço ao produtor para a temporada 2020/21, iniciada em 1º de junho. A projeção foi elevada de 6,90 para 7,50 dólares neozelandeses (US$ 4,97 para US$ 5,40) por quilo de leite em pó, passado o pico da temporada de ordenha.

“A previsão ainda reflete forte demanda por lácteos”, afirma a Fonterra em comunicado, destacando o impacto das “mudanças na dinâmica do mercado global” durante a temporada 2020/21.

Os ajustes de preço dos lácteos realizados pela Fonterra são referência internacional para o setor.

A cooperativa é considerada o maior laticínios do mundo, propriedade de 10 mil fazendeiros da Nova Zelândia, com cerca de 20 mil funcionários.

Veja mais:
FAESP pede revisão do aumento do ICMS do leite e renovação de convênios do Confaz

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

As apostas são altas para o futuro da produção de carne no Brasil. Veja o que dizem as lideranças ouvidas para o Especial Perspectivas 2021 do Anuário DBO. Assista:

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.