Genética britânica alavanca vendas no sudoeste do Paraná

O criador Reno Paulo Kunz colocou em pista 93 exemplares selecionados em Dois Vizinhos

A Sociedade Rural Vale do Iguaçu recebeu no Parque de Exposições de Dois Vizinhos, município localizado no sudoeste do Paraná, pecuaristas e convidados da região para mais uma edição do “Leilão RPK Genética”, evento realizado em 22 de junho.

Continue a leitura após o anúncio

O criador Reno Paulo Kunz, proprietário da Fazenda Santa Maria, em Nova Laranjeiras, PR, colocou em pista 93 exemplares selecionados das raças Angus, Brangus, Braford, Hereford e Brahman. A contabilidade total do pregão apontou uma receita de R$ 537.200, com média geral de R$ 5.776.

“Vendemos com uma boa média para a região. O foco é torná-lo um evento tradicional e estratégico visando atender a demanda por genética britânica, seja ofertando reprodutoras para criadores em formação de plantel e os touros aos produtores comerciais de terneiros ou para repasse em IATF”, diz Cândido Scholl, diretor da Pampa Remates.

O Angus liderou na quantidade de oferta, com 29 lotes negociados por R$ 118.600. Nove touros foram vendidos por R$ 79.600, à média de R$ 8.844 – valor equivalente a 59 arrobas de boi gordo para pagamento à vista na praça, segundo levantamento da Scot Consultoria (R$ 148/@). Já nas fêmeas, 20 exemplares renderam, em média, R$ 3.751.

A segunda maior oferta foi de Braford: 23 animais, que saíram por R$ 168.600. Oito fêmeas foram comercializadas à média de R$ 4.050, além de 15 machos por R$ 9.080, em média. Entre os touros compostos figurou o lote mais valorizado da tarde: RPK Gemética BF FIV 311 , com 670 kg e CE 38, arrematado por Celivaldo Ceni pelo valor de R$ 12.400.

No Brangus, a raça teve 12 touros arrematados à média de R$ 9.450 e oito fêmeas a R$ 3.175. Também foram vendidos cinco reprodutores Hereford à média de R$ 7.760 e 10 fêmeas a R$ 2.400. Por fim, seis fêmeas Brahman saíram por R$ 8.066, em média.

A RPK Genética iniciou suas atividades em 1998 com gado comercial e a seleção do Nelore. Em 2008, começou a trabalhar com as raças Angus, Brangus, Braford, Hereford e Brahman. “A fazenda segue investindo, formalizando parcerias com criadores gaúchos e argentinos”, informa Cândido Scholl.

“Com a projeção de expansão dos abates nos programas voltados ao mercado de carnes gourmet, aliada à perspectiva do novo status sanitário do Paraná como área livre de aftosa sem vacinação, o cenário é bastante otimista entre os pecuaristas da região”, acredita o diretor da Pampa Remates, leiloeira responsável pela captação dos lances do pregão paranaense.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

Creep feeding, ferramenta multiuso

Técnica favorece desde desmama pesada até produção de boi-China a pasto

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.