Governo de SP abriu escritório voltado a negócios em Xangai, diz Doria

Governador frisou que o agronegócio é "prioritário" em sua gestão

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que o agronegócio é “prioritário” em sua gestão. “Oferecemos apoio integral aos projetos de pesquisa e ciência e, como membro do setor privado, acredito em ciência e tecnologia”, disse o governador nesta quarta-feira, 13, no Summit Agronegócio Brasil 2019, promovido pelo Grupo Estado com patrocínio da Corteva, em São Paulo.

Ele citou, em sua apresentação, uma recente iniciativa que também contempla o agronegócio paulista: um escritório de investimento aberto em Xangai, China, totalmente financiado pela iniciativa privada, mas com apoio do governo estadual.

Continue a leitura após o anúncio

“São empresas chinesas e brasileiras que financiam a iniciativa: chineses que têm interesse no Brasil e brasileiros com interesse na China.” Ele lembrou que o fato de ser a iniciativa privada a financiar o escritório ajuda a blindá-lo dos “humores políticos”. “Isso traz perenização à iniciativa”, disse.

O governador paulista disse que esse escritório está analisando 36 projetos de desenvolvimento para São Paulo, sendo 12 ligados ao setor agropecuário. Ainda como fruto de sua missão oficial à China, em agosto, Doria disse que o governo estadual captou um total de US$ 20,48 bilhões de investimentos para o Estado, “além dos projetos do escritório de Xangai”.

“Apenas dois grandes investimentos, provenientes do China Investment Bank, que é o BNDES deles, e o New China Investment Bank, representam US$ 20 bilhões para financiar programas de desestatização em São Paulo.”

Dentre esses programas e que beneficiam diretamente o setor agropecuário paulista, Doria citou investimentos em rodovias, na Hidrovia Tietê-Paraná, uma nova malha ferroviária no Estado e 28 aeroportos regionais, além de saneamento básico e tecnologia. “Tudo isso num prazo de quatro anos, tudo financiado pela China.”

Ele citou, também, mais US$ 4,8 bilhões em investimentos nos setores automobilístico, da indústria de transformação, no agronegócio, em saúde, tecnologia e educação.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO