Grupo JBS registra lucro líquido 55% maior no 2º trimestre do ano

O grupo JBS, líder mundial em carne bovina, registrou lucro líquido de R$ 3,4 bilhões no segundo trimestre do ano, o que representou aumento de 55% sobre o resultado registrado em igual período do ano passado, informou a empresa na noite desta quinta-feira.

A receita líquida alcançou R$ 67,6 bilhões, com avanço de 33% na comparação com o segundo trimestre de 2019; enquanto o EBITDA atingiu R$ 10,5 bilhões, com crescimento de 105,9% em relação ao mesmo período de 2019.

“Em um período de tantas mudanças, mostramos mais uma vez ao mercado a nossa grande capacidade de adaptação, e nossa capacidade de desempenhar as estratégias e objetivos traçados”, destacou, em nota, “Gilberto Tomazoni, CEO Global da JBS.

Gilberto Tomazoni, CEO Global da JBS. Foto: Divulgação

Em comunicado, o executivo disse que a pandemia da Covid-19 tem acelerado algumas tendências pelo mundo: “alimentos fáceis de cozinhar, rápidos de preparar, saudáveis… assim como as compras por e-commerce”.

No entanto, continuou Tomazoni, “o mais relevante é que os fundamentos dos negócios não se alteraram”. “O mundo terá 9,7 bilhões de pessoas em 2050 que irão consumir 70% a mais de proteína.”

Também em comunicado, o CEO da companhia citou alguns aportes anunciados este ano em algumas regiões estratégicas do grupo. “Nos Estados Unidos, anunciamos investimento de US$ 270 milhões: US$ 200 milhões em uma planta para a producão de especialidades italianas e US$ 70 milhões em uma planta de bacon”, disse. No Brasil, continuou, “realizamos a aquisição do negócio de margarina na Bunge e anunciamos o investimentos de R$ 8 bilhões até 2025 (a maior parte dele será utilizado no crescimento da Seara)”.

JBS Brasil em números

No mercado doméstico, a receita líquida foi de R$4,3 bilhões no segundo trimestre do ano, o que corresponde a um aumento de 0,8% quando comparada ao mesmo período de 2019. Segundo a empresa, a receita avançou “mesmo com uma redução de 14,8% no volume de animais processados em decorrência dos fechamentos temporários de unidades produtivas no início do trimestre”.

No mercado externo, que representou 51,1% das vendas da unidade, a receita líquida teve crescimento de 51,4%, atingindo R$ 4,5 bilhões, em virtude do aumento no preço médio de venda, segundo comunicado da empresa.  No segundo trimestre do ano, as exportações de carne bovina para a China registraram crescimento da receita (em dólar) de 52,9% quando comparadas ao resultado obtido no segundo trimestre de 2019, destacou a JBS.

O EBITDA da JBS Brasil no trimestre foi de R$ 1,1 bilhão, o que representa um aumento expressivo de 222% na comparação anual. A margem EBITDA expandiu de 4,7% no período analisado, para 12,4%.

 

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.