História do combate à febre aftosa é contada em livro

Doença de maior impacto econômico da pecuária mobilizou gerações de profissionais e produtores rurais numa cruzada épica

Mato Grosso está às vésperas da retirada da vacinação contra a febre aftosa em todo seu território, depois de 26 anos sem nenhum registro da doença.

Não poderia haver, portanto, momento mais oportuno para o lançamento do livro “Adeus ao vírus – Erradicação da febre aftosa: a participação de Mato Grosso na maior epopeia veterinária das Américas”, de autoria dos jornalistas Martha Baptista e Sérgio de Oliveira.

Com base em depoimentos de pesquisadores, médicos-veterinários, pecuaristas e outros representantes da cadeia produtiva, os autores registram em mais de 300 páginas a longa batalha para a erradicação da febre aftosa em Mato Grosso, no Brasil e no continente sul-americano, com destaque para a parceria desenvolvida com a Bolívia.

O livro conta como o vírus da aftosa foi identificado no século XVI, na Itália, chegando às Américas no século XIX, e como foi sua erradicação em países como os Estados Unidos, onde não circula desde 1929.

Conta também a traumática experiência de quem lidou com a doença quando ainda não havia disponibilidade de vacinas no país, passando pela fundação de entidades como o Panaftosa, estruturação dos serviços veterinários estaduais, criação dos Fundos Emergenciais privados, produção das primeiras vacinas a serem utilizadas em campanhas e a impressionante evolução desses imunizantes – um dos fatores primordiais para a erradicação da doença em nosso país.

O Brasil foi declarado, em 2018, livre de aftosa com vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Foto: Divulgação

“Adeus ao vírus” traz ainda um panorama da situação atual no continente sul-americano, onde apenas a Venezuela registra casos da doença, e abre espaço para a discussão do momento: se o Brasil está realmente preparado para retirar a vacinação.

O combate à aftosa foi, nas palavras de um dos entrevistados, “a maior epopeia veterinária das Américas”, e é essa história que o leitor encontrará nas páginas de “Adeus ao vírus”, contada por seus protagonistas.

Sérgio de Oliveira e Martha Baptista, autores de “Adeus ao vírus” (Foto: Arquivo pessoal e Dizão Gonçalves)

A publicação tem o patrocínio do Fundo Emergencial de Saúde Animal do Estado de Mato Grosso (Fesa-MT).“Tendo como referência as dificuldades enfrentadas num passado recente e as lições aprendidas, estamos certos de que continuaremos a trilhar esta estrada, alcançando nossa meta num futuro muito próximo: ter Mato Grosso inteiro livre de febre aftosa sem vacinação – o coroamento desta história de sucesso”, afirma o presidente do Fesa-MT Antonio Carlos Carvalho de Sousa na apresentação do livro, que será lançado no dia 16 de dezembro, às 9h, no Auditório da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), com as presenças de vários especialistas que contribuíram para a elaboração da obra.

Fonte: Ascom

 

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Live: Controle de moscas

É HOJE! Nesta terça-feira, 7, a partir das 18:30h, o projeto Manejo Eficiente, parceria da DBO com a Elanco, debate o tema controle de moscas. O repórter Renato Villela conversa com o veterinário Octaviano Pereira, gerente técnico de bovinos de corte da Elanco; não perca!

Live: Controle de moscas

É HOJE! Nesta terça-feira, 7, a partir das 18:30h, o projeto Manejo Eficiente, parceria da DBO com a Elanco, debate o tema controle de moscas. O repórter Renato Villela conversa com o veterinário Octaviano Pereira, gerente técnico de bovinos de corte da Elanco; não perca!

Publieditorial

Cromo: Mineral essencial para bovinos de corte

O cromo é um dos principais minerais utilizados na nutrição de bovinos de corte em todas as fases da vida produtiva, e é reconhecidamente essencial para o organismo dos animais e humanos há mais de 40 anos.

Cromo: Mineral essencial para bovinos de corte

O cromo é um dos principais minerais utilizados na nutrição de bovinos de corte em todas as fases da vida produtiva, e é reconhecidamente essencial para o organismo dos animais e humanos há mais de 40 anos.

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.