Importação brasileira de produtos químicos cresceu 5%

Os fertilizantes e seus intermediários foram os principais produtos da pauta de importações brasileiras no setor químico de janeiro a outubro
Navios de Fertilizante no Porto de Paranaguá. Foto: André Kasczeszen/APPA.

As importações brasileiras de produtos químicos somaram US$ 37,6 bilhões de janeiro a outubro, com aumento de 4,9% sobre o mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim).

Os fertilizantes e intermediários foram o o principal item da pauta de importações químicas, respondendo por 20,9% do total em valor, com US$ 7,8 bilhões, e por 66,6% das quantidades importadas, com 26,4 milhões de toneladas. Os países árabes são fornecedores de fertilizantes do Brasil.

Em outubro o Brasil importou US$ 4,3 bilhões em produtos químicos, valor que representa aumento de 1,4% na comparação a igual mês do ano anterior.

Segundo projeção da Abiquim, até dezembro as importações de produtos químicos deverão totalizar US$ 45,2 bilhões, com aumento de 4,3% sobre 2019. O volume deve ficar em 48,6 milhões de toneladas importadas, um crescimento de 7,6%.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.