Importações chinesas de carnes crescem 42,3% em outubro

De carne bovina, o país asiático importou 170 mil toneladas no mês - volume que representa uma alta de 12,2% na comparação anual

As importações chinesas de carnes e miúdos totalizaram 760 mil toneladas em outubro deste ano, volume 42,3% maior do que o adquirido em igual mês do ano anterior, informou o Departamento de Alfândegas da China (GAAC, na sigla em inglês). A despesa com a importação do produto aumentou 23,6%, atingindo US$ 2,181 bilhões no mês. Nos dez meses do ano, o país asiático importou 8,17 milhões de toneladas de carnes e miúdos.

As importações de carne suína somaram 330 mil toneladas em outubro, volume 80,4% superior ao comprado em igual mês do ano passado. Em valor, o aumento foi de 90,7%, para US$ 862,8 milhões. No acumulado do ano, o país asiático importou 3,62 milhões de toneladas de carne suína.

De carne bovina, o país asiático importou 170 mil toneladas em outubro, alta de 12,2% na comparação anual. O valor desembolsado com o produto foi 6,8% menor, de US$ 720,23 milhões. De janeiro a outubro deste ano, a China comprou 1,74 milhão de toneladas de carne bovina do exterior.

Apesar das restrições da China às proteínas importadas, com a suspensão de vários frigoríficos em todo o mundo e testagem em massa para covid-19 de alimentos importados, os dados mostram que o país mantém a dependência de compras externas desses produtos para abastecimento doméstico. O aumento das importações chinesas de carnes é resultado principalmente dos surtos de peste suína africana (ASF, na sigla em inglês) que dizimaram boa parte do seu plantel de suínos nos últimos dois anos.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

As apostas são altas para o futuro da produção de carne no Brasil. Veja o que dizem as lideranças ouvidas para o Especial Perspectivas 2021 do Anuário DBO. Assista:

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.