Incertezas políticas travam exportações, avalia Maersk

Empresa avalia que são cada vez menores as esperanças de crescimento expressivo nas exportações brasileiras em 2020

As incertezas políticas, tanto no plano internacional, com a guerra comercial entre EUA e China, quanto no cenário interno, com as indefinições quanto ao futuro da reforma da previdência e tributária, tendem a atravancar as exportações brasileiras no curto prazo. A avaliação foi feita por executivos da Maersk, maior empresa logística de carga refrigerada do mundo.

“Essas dúvidas sobre o cenário internacional, somadas ao que ocorre na nível local, como as reformas, não ajudam a aumentar o investimento na produção e na exportação [no Brasil]”, afirma Matias Concha, diretor de produtos e investimentos da companhia.

Continue a leitura após o anúncio

Em relatório divulgado na última quarta-feira, 4 de setembro, a multinacional logística avalia que são cada vez menores as esperanças de aumento expressivo nas exportações brasileiras em 2020 e ressalta que os bons resultados do último trimestre ocorreram sobre uma base de comparação muito fraca, dada a greve dos caminhoneiros em 2018.

Efeito China

Concha lembra ainda que os resultados expressivos do último trimestre no Brasil foram puxados por crises específicas, como o surto de peste suína africana na China. “De fato vimos um crescimento na exportação de cargas refrigeradas no geral e de carne bovina em particular. O que estamos vendo a partir dos nossos clientes é que, realmente, a China está voltando a comprar a carne brasileira, seja frango, porco ou bovina”, avalia o executivo.

Outro ponto positivo para o Brasil nos últimos meses tem sido a guerra comercial sino-americana. Contudo, a delicadeza da questão geopolítica entre os dois países tende a conferir ainda mais insegurança para os investimentos no curto prazo, na avaliação da Maersk.

“No curto prazo, essa disputa tem um impacto naturalmente positivo nas exportações brasileiras. Contudo, ainda restam dúvidas. Será que esse cenário vai se manter no longo prazo? Faz sentido para o exportador  fazer investimentos para aumentar a exportação?”, pondera Concha.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Revista DBO – Saindo na frente

Confira a edição de setembro, que traz o “Especial de Genética e Reprodução” com 7 reportagens exclusivas, além de outras 21 reportagens e análises sobre o mundo da pecuária

Revista DBO – Saindo na frente

Confira a edição de setembro, que traz o “Especial de Genética e Reprodução” com 7 reportagens exclusivas, além de outras 21 reportagens e análises sobre o mundo da pecuária

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO