Indicador do boi gordo recua para R$ 149,65, em SP

No acumulado do mês, o preço do boi na praça paulista registra queda de 2,4%

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo (Estado de São Paulo, valor à vista) encerrou a terça-feira cotado a R$ 149,65, com baixa de quase 1% na comparação com o valor de segunda-feira, segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP).

No acumulado do mês, o preço do boi na praça paulista registra queda de 2,4%, frente ao preço de 31 de janeiro, de R$ 153,30.

Segundo informações da Scot Consultoria, de Bebedouro, SP, em São Paulo, a oferta de boiadas tem sido suficiente para atender a demanda, abrindo espaço para os frigoríficos ofertarem preços abaixo das referências.

Pelos números da consultoria, na terça-feira, a cotação da arroba do boi gordo caiu 0,7% no Estado, e fechou em R$152,50 a prazo, livre de Funrural. As programações de abates dos frigoríficos paulistas atendem, em média, seis dias.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Revista DBO | Nova revolução no cocho

VEJA os destaques da edição de agosto e o Especial Confinamento; na capa, com quase nada ou zero volumoso, a chamada ‘dieta fast’ ganha os cochos, melhora o desempenho dos animais e simplifica as operações.

Revista DBO | Nova revolução no cocho

VEJA os destaques da edição de agosto e o Especial Confinamento; na capa, com quase nada ou zero volumoso, a chamada ‘dieta fast’ ganha os cochos, melhora o desempenho dos animais e simplifica as operações.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.