Índice de Commodities do Banco Central cai 4,86% em junho ante maio

Apesar da baixa, no acumulado do ano até junho, o IC-Br exibe alta de 4,39%, com a Agropecuária em alta de 6,47%

O Índice de Commodities do Banco Central (IC-Br) caiu 4,86% em junho ante maio, informou nesta quarta-feira a instituição. O indicador passou de 225,52 pontos para 214,57 pontos.

Para efeito de comparação, o BC também divulga em seu documento o indicador internacional de commodities, o CRB, que cedeu 5,02% na mesma relação mensal.

A baixa do IC-Br na margem em junho foi resultado direto do recuo de dois dos três segmentos que compõem o indicador: Agropecuária (-7,71%) e Metal (-1,43%). Energia registrou alta de 4,89%.

Em Agropecuária estão incluídos itens como carne de boi, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café, arroz e carne de porco. Já o segmento de Metal reúne alumínio, minério de ferro, cobre, estanho, zinco, chumbo e níquel. Por sua vez, em Energia estão inclusos os preços de gás natural, carvão e petróleo.

No acumulado do ano até junho, o IC-Br exibe alta de 4,39%, com Agropecuária em alta de 6,47%, Metal com elevação de 21,05% e Energia com queda de 17,22%. O CRB no período avançou 26,79%.

Em 12 meses até junho deste ano, o indicador do BC mostra alta de 17,98%, com Agropecuária em alta de 23,60%, Metal com elevação de 24,95% e Energia com queda de 8,71%. O CRB do mesmo período avançou 29,04%.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.