Índice de confiança do agronegócio da Fiesp fecha 2º trimestre em alta

Índice fechou em 111,7 pontos, o que indica otimismo do setor
Foto: Reprodução/Internet

O Índice de Confiança do Agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), divulgado hoje (13/8), fechou o segundo trimestre de 2020 em 111,7 pontos (acima de 100 pontos o índice indica otimismo), uma alta de 11,3% em relação ao primeiro trimestre do ano.

De acordo com a Fiesp, o resultado mostra que o ânimo perdido no início do ano, em razão da pandemia de Covid-19, está em processo de recuperação. Segundo a metodologia do índice, resultados abaixo dos 100 pontos indicam pessimismo do setor.

Conforme o diretor titular do Departamento do Agronegócio da Fiesp, Roberto Betancourt, já há sinais de retomada das atividades e de relativa estabilidade no mercado financeiro.

“Os efeitos positivos da desvalorização cambial sobre os preços agrícolas e a perspectiva de que em breve haverá uma ou mais vacinas eficazes para o novo coronavírus melhoraram substancialmente as expectativas para o curto e médio prazos, especialmente por parte das indústrias”, afirma.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.