Inmet emite alerta vermelho para chuvas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina

Esse tipo de aviso é o maior da escala do Instituto Nacional de Meteorologia. Há risco de grandes alagamentos, transbordamentos de rios e deslizamentos de encostas.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um aviso vermelho (grande perigo) para acumulado de chuva no norte do Rio Grande do Sul e sul de Santa Catarina. A validade do aviso é entre as 16h desta terça-feira (7) até às 7h de quarta-feira, 8 de julho. Os municípios atingidos podem ser conferidos no site do Alert-AS/Inmet.

Esse tipo de aviso é o maior da escala e é emitido quando os acumulados de chuva ultrapassam 60 milímetros por hora ou acima de 100 milímetros em 24 horas.

Continue a leitura após o anúncio
Imagem: Reprodução / Inmet


A área afetada inclui o Oeste Catarinense, o Planalto Sul Catarinense, o Litoral Sul Catarinense, a Encosta Do Sudeste, Depressão Central, Encosta Inferior do Nordeste, Encosta Superior do Nordeste, Campos de Cima Da Serra, Planalto Médio, Missões, Alto Uruguai, Litoral Gaúcho, Meio-Oeste Catarinense.

As orientações para a população são desligar aparelhos elétricos, quadro geral de energia, observar alteração nas encostas e permanecer em local abrigado. Mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

O Inmet também emitiu um alerta laranja (perigo) para a região para tempestades, com previsão de ventos intensos e queda de granizo. Há risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

Fonte: Mapa

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO