Janela do mercado futuro já escancara ciclo de alta na pecuária de corte

Espera-se uma maior retenção no abate de fêmeas a partir de 2020

O comportamento dos preços futuros do boi gordo mostra que o mercado já começa a precificar a fase altista para a arroba, que deve vir na esteira da virada do ciclo pecuário, com possível redução mais expressiva nos abates de fêmeas já no próximo ano, preveem os analistas Gustavo Machado e Caroline Matos, da consultoria Agrifatto.

Continue a leitura após o anúncio

Os contratos contaram com novas valorizações na metade da última semana, com alguns papéis retornando as máximas. Segundo a consultoria, o destaque fica para os vencimentos mais longos, como o contrato para maio/2020, subindo para R$ 172,80/@ na quarta-feira (02/out) – o maior valor já registrado para este vencimento.

“As indicações em bolsa colocam um ágio de aproximadamente R$ 10/@ entre o valor praticado atualmente e o projetado para maio pela B3 (considerando um balcão atualmente ao redor de R$ 162/@)”, destaca a Agrifatto.

Ainda de acordo com a Agrifatto, a movimentação do contrato de out/20 também chamou a atenção, avançando até R$ 178/@ na última semana – alta de 1,15% na comparação semanal. Além disso, os contratos futuros apontam para valorização de R$ 16/@ até outubro/20.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO