JBS importa milho da Argentina para reduzir custos com fretes

Dois navios carregados com o cereal devem chegar ao sul do País até o final do mês de agosto

A JBS buscará milho na Argentina para minimizar o efeito negativo do tabelamento do frete sobre os custos de produção. Até o fim do mês é prevista a chegada de dois navios carregados com o cereal para abastecer as fábricas da empresa no sul do País.

Cada navio comporta 30.000 toneladas, totalizando 60 mil toneladas importadas. “Essa foi a solução encontrada para fazer chegar os insumos necessários à produção já que o custo logístico no Brasil tem inviabilizado o transporte interno”,informou a JBS.

A primeira solução da companhia foi a ampliação da frota própria de caminhões, o que ainda não foi suficiente para atender as necessidades do negócio. “Se os preços de transporte não se ajustarem no País, o milho norte-americano também pode desembarcar por aqui”, acrescenta a companhia.

Fonte: Estadão Conteúdo

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Relacionado