JBS reabre a unidade norte-americana de Greeley

Saiba quais foram os passos dados para que a ação fosse possível, frente à Covid-19

A unidade de produção de carne bovina da JBS USA em Greeley, no Colorado, reabriu depois que a força de trabalho ficou em quarentena por um período superior às recomendações dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA.

Para aprimorar os esforços diários da empresa contra a propagação da Covid-19, serão realizados exames diários em todas as pessoas antes de entrarem nas instalações, incluindo verificações de temperatura e testes de detecção do vírus. Qualquer pessoa com febre ou outros sintomas confirmados de Covid-19 será enviado imediatamente para casa.

Desde que a fábrica no Colorado foi fechada, em 15 de abril, a JBS USA disse que continuou realizando a sua prática comum de limpeza profunda da unidade, instalou um novo sistema de ventilação para o refeitório de fabricação, aprimorou os protocolos de distanciamento social existentes, finalizou a instalação de barreiras físicas nas linhas de produção e realizou treinamento online adicional para a detecção de sintomas de Covid-19.

A JBS USA também contratou epidemiologistas de terceiros da Universidade do Colorado para avaliar os protocolos e procedimentos contra a Covid-19 da empresa existentes na instalação. “Depois de fechar voluntariamente a instalação de carne bovina de Greeley, em um esforço para impedir a disseminação potencial entre a nossa força de trabalho e contribuir para a contenção da comunidade, tomamos medidas proativas para complementar os nossos esforços de prevenção Covid-19 existentes na instalação e continuamos a fornecer um ambiente de trabalho seguro”, disse o chefe de recursos humanos da JBS USA, Chris Gaddis.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.