Covid-19 leva ao fechamento de unidade de abate de aves da JBS no Brasil

Casos da doença em Passo Fundo (RS) já eram públicos desde ontem

A Procuradora do Trabalho do Ministério Público do Trabalho (MPT) de Passo Fundo, interditou por tempo indeterminada a unidade de abate da JBS, localizada no município. A ação do MPT ocorreu no início da tarde desta sexta-feira (24/4). A unidade abate aves.

Ontem,  o governador do Estado,  Eduardo Leite já havia falado sobre  o foco de contágio do novo coronavírus dentro de uma empresa. De acordo com MPT do Estado há 19 casos confirmados da doença na unidade de Passo fundo. 

Nos últimos dias, a empresa já havia determinado o afastamento dos funcionários que apresentavam por suspeita da doença.  A unidade da JBS de Passo Fundo emprega 2.625 trabalhadores. Em 2012, o Grupo JBS assumiu ativos da Doux Frangosul no Brasil, empresa de origem francesa. Na época, a unidade contava com 1,6 mil funcionários.

A prefeitura do  município divulgou uma nota oficial nesta sexta informando que realizou “todas as medidas necessárias em relação a orientações, vistorias e investigações relativas aos aspectos sanitários, epidemiológicos e legais dos casos dos trabalhadores de empresas localizadas no município”.

Confira a declaração abaixo da  JBS

A JBS tem adotado todas as medidas para garantir a máxima segurança e prevenção de cada um dos colaboradores de suas fábricas, Centrais de Distribuição e escritórios. Incluem-se nessas medidas: desinfecção diária e periódica das instalações, medição de temperatura de todos os colaboradores antes de acessarem a unidade, afastamento de pessoas do grupo de risco, inclusão de novos EPIs como máscaras acrílicas, obrigatoriedade do uso de máscaras para 100% dos colaboradores incluindo a área administrativa, medidas de distanciamento social, vacinação contra gripe, entre outras ações.

Todas as medidas seguem as determinações dos órgãos de saúde, como a OMS (Organização Mundial da Saúde) e o Ministério da Saúde, além de cumprir integralmente o protocolo da Secretaria do Trabalho (Ministério da Economia). Adicionalmente, a empresa contratou e está em total conformidade com as orientações das consultorias de renomados médicos e especialistas sobre as práticas adotadas.

A Companhia esclarece ainda que adota protocolos detalhados e específicos e, no caso em que um colaborador teste positivo para Covid-19, é prestado imediato atendimento com total apoio a ele e seus familiares até seu restabelecimento. Nesse período, conforme orientam os órgãos de saúde, o colaborador estará afastado de suas atividades e com acompanhamento integral. Além disso, a empresa inclui como procedimento-padrão a total desinfecção e sanitização das áreas comuns e do local em que o profissional trabalha em caráter adicional.

A proteção de seus colaboradores tem sido o primeiro objetivo da JBS, desde o início da pandemia da Covid-19. Continuaremos pautados por esse princípio e confiamos em que as atividades em Passo Fundo (RS) serão retomadas brevemente.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.