Leite: preço pago ao produtor fica estável em setembro em R$ 1,20/litro

Índice que inclui bonificações subiu 0,8% em relação ao mês de agosto

Após dois meses de queda, o preço de leite pago ao produtor apresentou estabilidade em setembro – referente à matéria-prima entregue em agosto -, de acordo com pesquisa da Scot Consultoria em 18 Estados brasileiros.

A média ficou em R$ 1,20 por litro, desconsiderando frete. Já o índice que inclui bonificações subiu 0,8% em relação ao mês de agosto. Conforme análise da consultoria, o ritmo de incremento na produção das principais bacias leiteiras tem sido menor que em outros anos, em razão do atraso nas chuvas, da alta no custo do milho e da redução dos investimentos.

Continue a leitura após o anúncio

Dessa forma, a concorrência entre os laticínios no Brasil Central e na Região Sudeste segue firme neste início de safra, segurando as cotações. A previsão dos laticínios é de que os pagamentos de outubro sejam parecidos. Enquanto 37% dos laticínios pesquisados falam em queda, 58% acreditam na manutenção das cotações e 5% estimam alta – esses últimos localizados apenas na Região Nordeste.

Já em novembro a situação é outra: chuvas mais regulares e bem distribuídas tendem a melhorar as condições das pastagens e elevar a oferta no mercado, derrubando os preços, informa a Scot. Em São Paulo, Minas Gerais e Goiás, por exemplo, aumentou o número de laticínios que estimam queda na remuneração da produção. Na Região Sul, por outro lado, o mercado confia na estabilidade.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO