Luto: Fernando Antônio Serrano Albert morre aos 65 anos, em Santarém

Fernando era médico veterinário, engenheiro agrônomo e secretário do Sindicato Rural de Santarém, no Pará

O médico veterinário Fernando Antônio Serrano Albert, de 65 anos, faleceu em decorrência da Covid-19 no último sábado, 6 de março, em Santarém, no Estado do Pará. Nascido em Recife, Fernando era formado em Engenharia Agronômica e se dedicou durante muitos anos ao ensino universitário como professor no curso de Medicina Veterinária.

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Pará manifestou, em nota, profundo pesar pelo falecimento de Fernando Antônio Serrano Albert.

“Fernando Albert prestou relevantes serviços em prol da medicina veterinária. Nesse momento de dor, o CRMV-PA se solidariza com todos os familiares e amigos e expressa as mais sinceras condolências por tão grande perda”, declarou Nazaré Fonseca de Souza, presidente do CRMV-PA.

Segundo o CRMV-PA, Fernando foi conselheiro nas gestões 2008/2011 e 2017/2020, participou como secretário da Junta Governativa do CRMV-PA/AP, nomeado pelo CFMV, de 11/1987 a 01/1988 e atuou como médico veterinário cedido ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), na Seção de Sanidade Animal no escritório do Baixo Amazonas. Foi supervisor regional da Emater/PA, delegado do CRMV-PA em Santarém de 2007 a 2014, além de membro julgador da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).

Fernando era secretário da atual diretoria do Sindicato Rural de Santarém (Sirsan), entidade que já havia lhe homenageado com a “Medalha Felisberto Camargo” – pioneiro na importação de gado Zebu da Índia, em 1952 -, concedida às pessoas que contribuíram para o desenvolvimento sustentável de Santarém.

“A diretoria, associados, amigos, funcionários e parceiros do Sirsan vem expressar seus mais sinceros pêsames pelo falecimento do Dr. Fernando Antônio Serrano Albert, empreendedor, sócio e secretário do Sirsan. Parceiro, amigo e atuante nas diretorias onde exerceu cargos ao longo do ano, participou de feiras agropecuárias nas comissões de sanidade animal e de organização dos eventos. Neste momento tão difícil e de dor, o sindicato lamenta sua partida e presta sua solidariedade aos familiares e amigos. Rogando a Deus para que conforte seus corações, dando força e sabedoria”, manifestou Sérgio Schwade, Sindicato Rural de Santarém.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.